KLM suspende os voos comerciais para a Ucrânia

A companhia aérea neerlandesa KLM suspendeu neste sábado, dia 12 de fevereiro, todos os voos programados para a Ucrânia e deixará de sobrevoar o espaço aéreo ucraniano até novo aviso, anunciou a empresa em comunicado.

A decisão produz efeitos imediatos, pelo que a segunda viagem deste sábado, prevista para a noite, já está cancelada.

A KLM efetua habitualmente duas ligações aéreas diárias entre Amesterdão/Schiphol e Kiev.

A companhia aérea tomou esta decisão depois de o ministro dos Negócios Estrangeiros holandês, Wopke Hoekstra, ter pedido em comunicado a todos os cidadãos holandeses que se encontram na Ucrânia para que deixem o país “o mais rapidamente possível” porque a situação de segurança na fronteira com a Rússia “deteriorou-se ainda mais”.

Em declarações posteriores à imprensa, Hoekstra insistiu na necessidade de “levar a questão muito a sério” e recordou aos seus cidadãos que “continua a ser principalmente responsabilidade dos próprios holandeses deixar o país”.

No mapa de alertas de viagem do ministério, a Ucrânia passou a ter a cor vermelha, o que significa que todas as viagens são desencorajadas e os holandeses são aconselhados a “sair enquanto os voos comerciais ainda estão disponíveis”.

A maioria do pessoal da embaixada dos Países Baixos em Kiev também deixará o país e apenas serão mantidos serviços mínimos, e foi estabelecido uma espécie de centro diplomático temporário em Lviv para fornecer assistência urgente, como vistos de emergência e salvo-condutos.

A decisão do governo holandês segue o passo dado por outros países, como Bélgica, Espanha, Alemanha e Reino Unido, que instaram seus cidadãos a deixar a Ucrânia imediatamente, como fizeram os Estados Unidos na sexta-feira.

2 Comments

  1. Avatar

    o texto esta corretamente escrito mas a recente “pancada” holandesa, perdão, “neerlandesa” de sublinhar o nome do pais como Países Baixos (Nederland. em holandês, perdão, “neerlandês” ou então Koninkrijk der Nederlanden) veio complicar a vida aos lusófonos
    é que se dizemos “neerlandês” deveríamos chamar ao país “Nederlandia” a exemplo da Gronelândia
    e se continuarmos a dizer Holanda, alguém nos bate? já não somos donos do português?
    que se apresentem as sumidades linguísticas nacionais…

    • Avatar

      é que os anglófonos continuam a dizer “Dutch” e não se aborrecem nada com isso…

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica