LATAM Airlines Brasil abandona ‘handling’ em vários aeroportos

A LATAM Airlines Brasil comunicou aos seus funcionários que a operação de assistência nos aeroportos, também denominada por ground handling, (à exceção de Rio/Santos Dumont, Brasília e São Paulo/Congonhas) passou a ser terceirizada, o que provocará alguns despedimentos e/ou mudanças de colaboradores para outros departamentos.

Na comunicação que teve origem na Diretoria de Aeroportos da LATAM, a companhia diz que “a contratação de parceiros, para realizarem essas operações na Latam, está em linha com o mercado e segue uma tendência mundial na prestação desse tipo de serviço especializado. Essa é uma medida importante para o negócio no momento, contribuindo para a sustentabilidade econômica da companhia”. 

A companhia aérea não menciona quais empresas prestarão os serviços, mas informa na carta que elas “estão sendo devidamente capacitadas para executar as atividades com segurança e sem impactos na operação”.

“Sabemos que essa é uma decisão dura e difícil de ser tomada, porém necessária. Desta forma, reforçamos o nosso respeito a todos os colaboradores impactados e agradecemos imensamente pela dedicação, comprometimento e tempo de serviço em nossa companhia. Em paralelo, continuamos trabalhando fortemente para contribuir com a recolocação profissional dessas pessoas”, conclui a nota.

Funcionários contatados pelo portal brasileiro de notícias de aviação ‘AEROIN’ foram unânimes em dizer que a medida vem como um desalento, num momento em que estavam trabalhando em um ritmo mais acelerado para atender às solicitações, muitas delas urgentes, da empresa, num momento de pandemia e de muitas mudanças repentinas na programação de voos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica