LATAM Airlines e Azul implementam code share em 64 rotas no Brasil

A LATAM Airlines Brasil e a Azul Linhas Aéreas anunciaram nesta quarta-feira, dia 12 de agosto, o início do seu acordo de code share para 64 rotas domésticas no Brasil com código de voo compartilhado. As operações terão início a partir de 17 de agosto.

Já estão estão à venda 35 rotas, correspondentes a 12 rotas operadas pela LATAM Brasil e a 23 rotas operadas pela Azul. Até o fim de agosto, as companhias também iniciarão as vendas das demais 29 rotas do acordo, correspondentes a 17 rotas operadas pela LATAM Brasil e a 12 rotas operadas pela Azul.

“Estamos ampliando as opções de viagem aos nossos clientes e chegando a importantes capitais regionais do Brasil. É mais uma prova de que estamos olhando para o futuro e criando novas conectividades com mais conveniência e praticabilidade para o passageiro brasileiro viajar, fazer check-in, despachar bagagens e se conectar para mais destinos com apenas uma passagem aérea em mãos”, afirma Jerome Cadier, presidente executivo da LATAM Brasil Airlines.

“O início desse acordo vai ajudar o nosso setor a oferecer mais opções de voos, horários e destinos a nossos clientes, sendo uma solução importante para recuperarmos com mais agilidade a demanda interna afetada pela pandemia. Com a capilaridade de nossa malha, a força de nossos hubs e as conexões com os voos da LATAM, tenho a certeza de que construiremos juntos um code share que oferecerá benefícios incomparáveis para os clientes. As duas companhias aéreas têm uma história e paixão pelo atendimento ao cliente e estamos ansiosos para mostrar isso juntos”, diz Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

Conforme anunciado no passado dia 16 de junho, as companhias assinaram um acordo de code share (código compartilhado) para ampliar a capilaridade de suas malhas aéreas já existentes em rotas complementares e não sobrepostas. Adicionalmente, o acordo também permite o acúmulo recíproco de pontos nessas rotas por meio dos programas de passageiros frequentes das empresas, beneficiando 37 milhões de membros LATAM Pass e 12 milhões de membros TudoAzul.

Adicionalmente, vale destacar, que os contratos de code share são acordos comerciais muito comuns na aviação mundial e não interferem na autonomia das empresas, que seguem independentes. Todas as rotas, aliás, continuam sendo operadas normalmente por cada empresa, de forma independente.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica