Bem-vindo, !|Sair

Lufthansa colhe primeiros frutos do realinhamento estratégico do grupo


O Grupo Lufthansa prepara-se para um resultado anual significativamente melhorado. Após os primeiros nove meses de 2015, o EBIT ajustado (resultado antes de juros e impostos) registou um aumento de 71,4% face ao período homólogo de 2014, para 1700 milhões de euros. Este aumento significativo de receitas é, sobretudo, atribuído a uma forte actividade no Verão nas companhias aéreas comerciais de passageiros do grupo e à contínua descida do preço do petróleo. As subsidiárias de serviços Lufthansa Technik e a LSG Sky Chefs também registaram uma melhoria significativa nas suas receitas.

Com base nestes desenvolvimentos, a Lufthansa reviu em alta as suas previsões de resultados para o presente ano, para um EBIT entre 1750 e 1950 milhões de euros. Esta previsão não inclui quaisquer custos relacionado com greves, que ainda podem ser reflectidos até ao fim do ano. “Estamos encantados com a possibilidade de apresentar estes resultados encorajadores, que confirmam que estamos no caminho certo e que a estratégia escolhida está a ter o efeito desejado”, disse Carsten Spohr, presidente do conselho executivo e CEO da Deutsche Lufthansa AG. “O realinhamento do Grupo Lufthansa está a reflectir-se também em bons resultados. Não há dúvida que a baixa do preço do petróleo nos ajudou a conseguir estes resultados, mas a melhoria das nossas receitas assentam em algo mais. Registámos volumes de passageiros fora de série este Verão e uma melhoria significativa dos load factors também”, acrescentou.

As receitas totais do Grupo Lufthansa para os nove meses do ano terminados em 30 de Setembro de 2015 totalizaram 24.300 milhões de euros, mais 7,4% do que no ano anterior. Deste total, 19.400 milhões de euros (mais 5%) correspondem a receitas de tráfego.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica