Bem-vindo, !|Sair

Avião russo partiu-se ainda no ar

banner-clubavia-01112015

Adensa-se o mistério sobre o que aconteceu ao Airbus A321 da companhia aérea russa Kogalymavia que se despenhou no Sinai, no sábado. O avião russo que se despenhou no Egipto, no sábado, partiu-se no ar. A hipótese de explosão no ar pode explicar o facto de o avião se ter partido antes de atingir o solo. A conclusão é de um especialista russo, Viktor Sorochenko, do Comité Intergovernamental de Aviação, que esteve no local a observar os destroços. As autoridades russas e egípcias dizem que ainda é cedo para tirar conclusões sobre o que motivou a queda do aparelho, mas o facto de se ter partido em dois dá mais credibilidade à tese de atentado, nomeadamente, de uma explosão a bordo.

Um grupo terrorista que opera no Sinai, onde o avião caiu, reivindicou a autoria de um atentado, sem entrar em detalhes nem fornecer quaisquer provas. As autoridades russas e egípcias não dão, porém, credibilidade a essa teoria. As duas caixas negras do avião, uma com a voz dos pilotos e outra com os dados técnicos, já começaram a ser analisados, pelo que nos próximos dias deverá haver mais informação que permita concluir o que aconteceu de facto ao avião.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica