Lufthansa fecha acordo com sindicato de trabalhadores de terra

O grupo Lufthansa chegou a acordo com o sindicato que representa os 20.000 funcionários de terra das companhias Lufthansa e Eurowings, na Alemanha, enquanto prosseguem as negociações com os pilotos.

A administração da Lufthansa e o sindicato Verdi chegaram ao acordo, uma semana após a greve do pessoal de terra que levou ao cancelamento de mais de 1.000 voos nos aeroportos de Munique e Frankfurt e afetou cerca de 134.000 passageiros.

O acordo prevê um aumento salarial em três fases, consistindo num primeiro pagamento de 200 euros por mês, a partir de 1 de julho, a que se seguirá um aumento de 2,5% em janeiro do próximo ano e mais 2,5% a partir de julho de 2023, referem fontes sindicais.

De acordo com o sindicato, foi alcançado um bom acordo, que atende à inflação e estabelece um aumento real, sobretudo para os trabalhadores com um nível salarial inferior, aos quais é garantido um aumento mínimo de 350 euros, ainda que gradual.

Este acordo excluirá novas greves como a que ocorreu há uma semana, que causou à empresa elevados custos.

Prosseguem as negociações entre a direção da Lufthansa e o sindicato dos pilotos, que exige um aumento salarial de 5,5%, e já prometeu uma greve, caso não se consiga um acordo.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica