Malas com droga encontradas na caixa do trem de aterragem de avião comercial

A Direcção-Geral da Aviação Civil (DGAC) do Equador informou neste domingo, dia 14 de fevereiro, que está a colaborar com o Ministério Público, a Polícia e as autoridades competentes para conhecer os factos e os responsáveis pela colocação de duas malas com drogas na caixa de recolha do trem de aterragem do avião Boeing 737-500, registo HC-CTF, da companhia Aeroregional, que cumpriu um voo charter entre Latacunga, no Equador, e a Cidade do México.

Segundo refere a DGAC, sabe-se que às 03h30 da manhã a guarda militar do Aeroporto Internacional de Cotopaxi (em Latacunga, no centro do Equador) comunicou à DGAC e a companhia aérea sobre a presença de uma pessoa suspeita próximo do avião que escapou quando interceptada. A Aeroregional solicitou à polícia especializada na busca de narcóticos que efetuasse uma inspeção da aeronave. Os agentes em parelha com cães farejadores, encontraram as duas malas com droga e entregaram a o processo às equipas de investigação criminal.

As autoridades policiais tomaram conta da ocorrência. O avião foi libertado pelas autoridades judiciais.

O Equador, tal como acontece com outros países da América do Sul, é um país com muitas referências na intermediação de tráfico de drogas, existindo diversos relatórios anuais de apreensão de aviões em pistas clandestinas e traficantes em aeroportos nacionais.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica