Bem-vindo, !|Sair

Ministro da Aviação Civil do Brasil vai demitir-se

O ministro da Aviação Civil do Brasil, Eliseu Padilha, anunciou que vai demitir-se das funções na próxima semana em Brasília, onde espera estar na segunda-feira, dia 7 de dezembro, com a Presidente da República, Dilma Rousseff.

Segundo a imprensa brasileira, Eliseu Padilha, que já foi ministro do antigo Presidente Fernando Henrique Cardoso, é conhecido pelas suas ligações ao actual vice-Presidente da República, Michel Temer, e esta demissão poderá ser a primeira de outras de elementos do PMDB que integram o Governo, na sequência do processo de impugnação do mandato de Dilma Rousseff aberto esta semana.

A crise política no Brasil está num momento bastante agudo e este é mais um capítulo, pouco agradável, é certo, da destituição da Presidente desencadeado pelo presidente da Câmara de Deputados, um processo que no Brasil se designa correntemente pelo termo anglo-saxónico de ‘impeachment’.

Outras fontes referem que a demissão de Eliseu Padilha está relacionada com o fato da Presidente não ter aceite a sua sugestão para a nomeação do presidente da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e ter optado por uma pessoa de confiança da própria Dilma Rousseff.

O vice-Presidente Michel Temer contatado pela Rede Globo admitiu que terá uma conversa com Eilseu Padilha, ainda antes de uma eventual audiência deste com Dilma, no Palácio do Planalto. Pretende demover Padilha, mas o ministro da Aviação Civil já disse que a sua decisão é “irrevogável”.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica