Ministro português apela a entendimento para evitar mais greves na TAP

O ministro das Infraestruturas apelou nesta terça-feira, dia 6 de dezembro, a um entendimento entre o sindicato de tripulantes e a administração da TAP, de forma a evitar os dias de paralisação anunciados e o consequente agravamento da situação económica da empresa.

“O apelo que posso fazer é para que a administração, mas também o sindicato faça um esforço de entendimento e que se consiga poupar a TAP a mais cinco dias de greve”, afirmou Pedro Nuno Santos, quando questionado pelos jornalistas sobre a intenção do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) de avançar para, pelo menos, mais cinco dias de greve até 31 de janeiro.

“Temos uma empresa que ainda está a recuperar. Está a recuperar ainda mais rápido do que aquilo que estava previsto no plano de reestruturação. É uma empresa que ainda esta em dificuldades. Era muito importante que nós estivéssemos a altura desta grande empreitada que é salvar a TAP e salvar os postos de trabalho da TAP e que houvesse um entendimento e que não houvesse mais greves”, apontou o governante.

Também esta tarde, em declarações à agência ‘Lusa’, a presidente executiva da TAP manifestou-se disponível para tentar encontrar soluções que evitem mais disrupções (LINK notícia relacionada).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica