Bem-vindo, !|Sair

Motor de avião da Flybe arde em pleno voo – Aeronave aterrou em segurança em Belfast

Um avião turbo-hélice da companhia britânica Flybe fez esta noite uma aterragem de emergência no Aeroporto Internacional de Belfast, na Irlanda do Norte, Reino Unido, após ter sofrido um incêndio num dos seus dois motores.

O aparelho, um Bombardier Dash8 Q400, registo G-FLBC, tinha partido de Glasgow, na Escócia, pelas 18h18 locais (mesma hora em Portugal e Angola) desta terça-feira, dia 16 de Dezembro, e dirigia-se ao Aeroporto de Belfast City, reservado a aviões mais pequenos e executivos.

A cerca de metade do percurso, sobre o mar, declarou-se um incêndio num dos motores que foi visto por diversos passageiros totalmente envolvido numa bola de fogo. Felizmente que a tripulação conseguiu extinguir as chamas com os meios próprios da aeronave, tendo aterrado alguns minutos depois no Aeroporto Internacional de Belfast, onde foi aguardado por um aparatoso sistema de socorro, na previsão de que algo pudesse correr mal no pouso.

Nenhum dos 76 passageiros e quatro tripulantes ficou ferido, nem há estragos no aparelho, além do motor com sinais de fogo, entretanto desligado em voo. Apenas um passageiro foi levado ao hospital, pois apresentava sinais de grande ansiedade e desestabilização emocional.

Todos os passageiros entrevistados por canais televisivos esta noite reconheceram o excelente trabalho da tripulação, bem como a sorte que tiveram, porque tudo funcionou de acordo com os manuais do avião. Mais tarde, e numa primeira abordagem ao incidente, a Flybe confirmou a ocorrência e destacou que todos os pilotos e tripulantes de cabina da companhia operam os seus aviões de acordo com os manuais dos fabricantes. O porta-voz da empresa esclareceu ainda que os passageiros serão transportados esta noite, de autocarro, para o Aeroporto de Belfast City, a poucos quilómetros, onde deveria ter aterrado o avião cujo motor incendiou.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica