Motores ‘Pratt PW1100’ que equipam aviões A320 terão de ser inspecionados

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Os motores de grande número de aviões de passageiros da Airbus vão ser removidos e inspecionados nos próximos meses, depois de o fabricante de motores ‘Pratt & Whitney’ ter descoberto um problema que pode provocar um desgaste mais rápido das peças.

As ações da RTX Corp., empresa-mãe da ‘Pratt & Whitney’, caíram na terça-feira, dia 25 de julho, 11%, depois de a empresa ter divulgado o problema, que aumentará potencialmente o stress das companhias aéreas durante o resto da agitada época de viagens de Verão.

A RTX afirmou que uma “condição rara” no pó metálico utilizado para fabricar certas peças produzidas entre finais de 2015 e meados de 2021 exigirá uma aceleração das inspeções à frota. O motor envolvido é mais frequentemente utilizado para alimentar o Airbus A320neo, um avião de médio porte popular para voos de curta e média distância.

A empresa declarou que prevê que cerca de 200 motores ‘Pratt PW1100’ terão de ser retirados e inspecionados até meados de setembro e que outros 1.000 motores terão de ser inspecionados nos próximos nove a 12 meses.

Muitos aviões da família Airbus A320 utilizam motores da CFM, mas cerca de 800 aparelhos A320 e A321 têm motores ‘Pratt’, segundo a empresa de dados aeronáuticos ‘Cirium’. A companhia aérea indiana de baixo custo IndiGo tem quase 140, a Air China tem 43, a alemã Lufthansa tem 37 e a mexicana Volaris tem 35.

Entre as transportadoras americanas, a Spirit Airlines recebeu 34 aviões, a Hawaiian Airlines tem 18 e a JetBlue Airways 16, segundo a Cirium.

Numa reunião com analistas, o diretor de operações da RTX, Christopher Calio, afirmou que o problema não afeta a produção atual e que a ‘Pratt’ vai continuar a fabricar motores.

A Pratt tinha planeado programar “inspeções reforçadas” durante as paragens normais de manutenção, mas com base em descobertas recentes, decidiu que as inspeções – centradas em discos de turbina de alta pressão – precisavam de ser aceleradas, disse Calio.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Ryanair anuncia rota sazonal entre Cracóvia (Polónia) e o Algarve, a partir do dia 1 de abril

A Ryanair anunciou o reforço das suas operações nos...

TAP apresenta novo stand na BTL, reforça rede de longo curso e renova parcerias

 A TAP Air Portugal estreou este ano um novo...

TAP reforça operação para Brasil e América do Norte – Total de 193 voos semanais

A TAP Air Portugal anunciou nesta quinta-feira, dia 29...

Lucro líquido do grupo Air France-KLM atinge 934 milhões de euros em 2023

O grupo Air France-KLM anunciou nesta quinta-feira, dia 29...