Movimento de companhias aéreas árabes cresce 27% em São Paulo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O movimento de passageiros das companhias árabes no Aeroporto Internacional de Guarulhos/São Paulo (GRU Airport) cresceu 27,7% em 2014 na comparação com 2013. Juntas, Emirates, Etihad, Qatar Airways e Royal Air Maroc transportaram, no ano passado, 564.956 passageiros pelo principal aeroporto internacional do Brasil.

Segundo dados do GRU Airport, a Emirates foi a companhia árabe que mais movimentou passageiros no último ano, 203.621 viajantes (+1,5%). A Qatar Airways transportou 185.657 pessoas (+1,3%), a Etihad, 150.187 (+168%), e a Royal Air Maroc, 25.491 (+820%). É importante destacar que a Etihad passou a operar no Brasil em Junho de 2013 e a Royal Air Maroc em Novembro do mesmo ano.

Fazendo um comparativo somente entre os meses de Dezembro de 2013 e 2014, a companhia do Marrocos foi a que apresentou o maior crescimento. No último mês do ano passado, a Royal Air Maroc transportou 3.278 passageiros, número 86% superior ao de Dezembro de 2013.

Para Mehdi El Yaalaoui, diretor-geral da Royal Air Maroc no Brasil, o alto crescimento no número de passageiros entre os meses de Dezembro de 2013 e 2014 se deve ao fato de a companhia já ser mais conhecida no país agora do que na época em que começou a operar no Brasil.

A companhia marroquina oferece três voos por semana de Guarulhos para Casablanca e de Casablanca para a cidade paulista. De acordo com o executivo, “os brasileiros estão voando mais para o Marrocos”, mas também há brasileiros que se utilizam da rota tendo cidades da Europa como seu destino final, assim como europeus estão vindo para o Brasil passando pelo país do Norte da África.

Segundo El Yaalaoui, os marroquinos também estão visitando mais o Brasil. “Muitos marroquinos vieram para a Copa do Mundo”, afirmou o diretor-geral. Ele conta que, normalmente, os marroquinos vêm ao Brasil para visitar pelo menos duas ou três localidades. “Eles ficam em São Paulo uns dias e depois vão para o Rio de Janeiro, Florianópolis, Nordeste, etc.” Ele ressalta que a rota entre Casablanca e São Paulo é a mais longa oferecida pela companhia, o que faz com que seus viajantes fiquem mais tempo no País.

El Yaalaoui diz ainda que o acordo de compartilhamento de voos que a companhia tem com a aérea brasileira Gol e com a colombiana Avianca faz com que os marroquinos aproveitem para visitar outras cidades brasileiras.

 

  • Texto da responsabilidade da jornalista Aurea Santos da Agência de Notícias Brasil-Árabe

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal retomou rota direta entre a Venezuela e a ilha da Madeira

– Cerimónia oficial e decoração a preceito na zona...

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...