Bem-vindo, !|Sair

Movimento de companhias aéreas árabes cresce 27% em São Paulo

O movimento de passageiros das companhias árabes no Aeroporto Internacional de Guarulhos/São Paulo (GRU Airport) cresceu 27,7% em 2014 na comparação com 2013. Juntas, Emirates, Etihad, Qatar Airways e Royal Air Maroc transportaram, no ano passado, 564.956 passageiros pelo principal aeroporto internacional do Brasil.

Segundo dados do GRU Airport, a Emirates foi a companhia árabe que mais movimentou passageiros no último ano, 203.621 viajantes (+1,5%). A Qatar Airways transportou 185.657 pessoas (+1,3%), a Etihad, 150.187 (+168%), e a Royal Air Maroc, 25.491 (+820%). É importante destacar que a Etihad passou a operar no Brasil em Junho de 2013 e a Royal Air Maroc em Novembro do mesmo ano.

Fazendo um comparativo somente entre os meses de Dezembro de 2013 e 2014, a companhia do Marrocos foi a que apresentou o maior crescimento. No último mês do ano passado, a Royal Air Maroc transportou 3.278 passageiros, número 86% superior ao de Dezembro de 2013.

Para Mehdi El Yaalaoui, diretor-geral da Royal Air Maroc no Brasil, o alto crescimento no número de passageiros entre os meses de Dezembro de 2013 e 2014 se deve ao fato de a companhia já ser mais conhecida no país agora do que na época em que começou a operar no Brasil.

A companhia marroquina oferece três voos por semana de Guarulhos para Casablanca e de Casablanca para a cidade paulista. De acordo com o executivo, “os brasileiros estão voando mais para o Marrocos”, mas também há brasileiros que se utilizam da rota tendo cidades da Europa como seu destino final, assim como europeus estão vindo para o Brasil passando pelo país do Norte da África.

Segundo El Yaalaoui, os marroquinos também estão visitando mais o Brasil. “Muitos marroquinos vieram para a Copa do Mundo”, afirmou o diretor-geral. Ele conta que, normalmente, os marroquinos vêm ao Brasil para visitar pelo menos duas ou três localidades. “Eles ficam em São Paulo uns dias e depois vão para o Rio de Janeiro, Florianópolis, Nordeste, etc.” Ele ressalta que a rota entre Casablanca e São Paulo é a mais longa oferecida pela companhia, o que faz com que seus viajantes fiquem mais tempo no País.

El Yaalaoui diz ainda que o acordo de compartilhamento de voos que a companhia tem com a aérea brasileira Gol e com a colombiana Avianca faz com que os marroquinos aproveitem para visitar outras cidades brasileiras.

 

  • Texto da responsabilidade da jornalista Aurea Santos da Agência de Notícias Brasil-Árabe

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica