Novo acordo abre portas para a Etihad voar para Luanda e a TAAG para o Abu Dhabi

Angola assinou um acordo de serviços aéreos com os Emirados Árabes Unidos que abre a possibilidade de ligações diretas entre Luanda e o Abu Dhabi e a entrada das companhias TAAG – Linhas Aéreas de Angola, e Etihad Airways nas duas capitais.

Fonte ligada ao setor adiantou à agência portuguesa de notícias ‘Lusa’ que os acordos ainda terão de ser ratificados, mas sinalizam a vontade do Governo angolano aumentar as ligações diretas a países com quem quer reforçar relações comerciais e económicas.

No entanto, sublinhou, é difícil fazer previsões sobre quando poderão avançar os futuros voos, tendo em conta as incertezas associadas à pandemia de covid-19.

O acordo bilateral de serviços aéreos foi assinado na quarta-feira, dia 21 de abril, no Dubai, entre o ministro dos Transportes angolano, Ricardo Abreu, e o ministro da Economia e presidente do Conselho de Administração da Autoridade de Aviação Civil dos Emirados Árabes Unidos (EAU), Abdullah bin Touq Al Marri, segundo um comunicado divulgado pelo Ministério dos Transportes, em Luanda.

O presente acordo estava pendente há mais de 10 anos, adianta o documento oficial.

Em declarações à imprensa local, o ministro dos Transportes angolano, citado no comunicado, reiterou que a fase avançada das reformas estruturais no setor da aviação civil em Angola prevê a implementação do objetivo de céu aberto à luz dos organismos reguladores internacionais e dos compromissos da União Africana.

O ministro afirmou também que, com a implementação do acordo, haverá um aumento das relações comerciais e económicas e mais conectividade para os cidadãos e transporte de mercadorias entre os dois países, abrindo-se uma porta para as companhias aéreas de ambos os Estados “poderem expandir as suas oportunidades no promissor mercado africano”.

Entre 2018 até ao fim do primeiro trimestre de 2021 a Emirates Airlines, outra companhia aérea dos Emirados Árabes Undios, transportou, para Luanda, 129.082 passageiros, nas sete frequências semanais autorizadas antes da pandemia da covid-19, atualmente limitada a três frequências de passageiros e carga.

O acordo permite a entrada da companhia aérea emirati Etihad Airways, na ligação aérea com os Emirados Árabes Unidos, e abre também a possibilidade de a TAAG, companhia de bandeira nacional, iniciar a ligação direta para o Abu Dhabi, outra cidade dos Emirados Árabes Unidos.

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica