Novo presidente da Iberia quer fortalecer importância do hub de Madrid-Barajas

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Marco Sansavini assumiu o cargo de presidente da Iberia, o maior grupo de aviação comercial da Espanha e uma das mais importantes marcas que integra o Grupo IAG, liderado pela British Airways.

Sansavini sucede a Fernando Candela, executivo, que ma opinião do agora substituto “teve que lidar com questões muito importantes, e ele as enfrentou com grande sucesso, junto com toda a equipe. Isso permitiu à Iberia alcançar os melhores resultados de sua história em 2023″.

A empresa anunciou resultados recordes de 940 milhões de euros no ano passado e consolidou a sua excelência operacional, tanto no índice de satisfação do cliente (NPS) quanto em termos de pontualidade.

Para o novo presidente da Iberia, isso mostra que “a transformação iniciada com Luis Gallego há mais de dez anos está dando frutos”.

O segundo desafio enfrentado por Sansavini é, segundo ele, “elevar Madrid ao nível dos hubs do norte da Europa, fazendo com que a Espanha e a Iberia façam parte da Champions League da aviação. Isso só pode ser alcançado por uma companhia aérea forte que possa conectar a Espanha com muito mais destinos, daí a importância vital da operação de compra da Air Europa”.

A terceira tarefa notável reservada ao novo presidente da Iberia é “garantir a competitividade e o desenvolvimento futuro das operações de handling e manutenção, para as quais a IAG está criando uma nova empresa”.

Sansavini inicia o seu mandato com “muita confiança no futuro”. Acredita que a Iberia superará todos os seus desafios graças “ao enorme profissionalismo e espírito da equipa da empresa e de todos aqueles que a compõem, baseado em paixão e alma, como visto no trabalho diário das nossas equipas de terra, as nossas tripulações de cabina e os nossos pilotos, uma referência imbatível na indústria. Juntos, eles tornaram possível a chegada da Iberia ao ponto em que está”, destaca o novo líder da Iberia.

“Essa ação coesa”, destaca o novo presidente, “foi a chave para o sucesso da Iberia nos últimos anos. Por isso, quero deixar claro desde o meu primeiro dia à frente da empresa que a Iberia sempre cumprirá rigorosamente os acordos firmados com os representantes de seus trabalhadores, em todos os setores, e fará todos os esforços para consolidar a paz social por meio do bom senso, um pilar fundamental de sua transformação nos últimos onze anos”.

As primeiras mudanças da nova etapa de Marco Sansavini

Sansavini anunciou a nova Comissão Executiva da Iberia, onde fez mudanças para enfrentar melhor os próximos desafios da empresa. Ficará assim constituído:

Rafael Jiménez Hoyos – Diretor de Produção

María Jesús López Solás – Diretora Comercial, de Desenvolvimento de Rede, Alianças e Clientes

Gabriel Perdiguero – Diretor Financeiro, de Transformação e Tecnologia

Juan Cierco – Diretor Corporativo

José Luis de Luna – Diretor de Relações Trabalhistas, Jurídico e de Gestão de Recursos Humanos

Maria Bello – Diretora de Pessoas e Diversidade

Enrique Robledo – Diretor de Manutenção

O Departamento de Gestão de Aeroportos terá presença na Comissão Executiva sob a liderança de José Luis de Luna até a criação da nova empresa.

A antiga Diretora Financeira, Elena Baillo, foi nomeada para cobrir o mandato de Fernando Candela e retorna, após realizar um excelente trabalho, ao seu cargo anterior de Diretora Financeira da Iberia Express.

Um homem da empresa com uma longa carreira na aviação

Marco Sansavini, nascido em Bolonha (Itália), retorna à Iberia, onde foi Diretor Comercial por oito anos, entre 2012 e 2020. Ele fez parte da equipa que, liderada por Luis Gallego, projetou e realizou a bem-sucedida transformação da empresa.

Em 2020, ele foi nomeado CEO da Vueling, outra das companhias aéreas do Grupo IAG. Fortaleceu a Vueling com um processo de transformação que a tornou uma das melhores empresas de baixo custo da Europa.

A carreira de Marco Sansavini no setor de aviação começou em 1995, quando ingressou na KLM, onde ocupou vários cargos de gerência e participou do processo de fusão com a Air France. Em 2004, ingressou na Air France-KLM como vice-presidente de Negócios Globais e ocupou diversos cargos no grupo, até 2012.

Sansavini possui uma graduação em economia pela Universidade de Bolonha e um mestrado em administração de empresas pelo IMD em Lausanne (Suíça). A sua longa carreira profissional permitiu que ele vivesse em Milão, Roma, Zurique, Amsterdão, Paris, Madrid e Barcelona.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...