Bem-vindo, !|Sair

Novos A330 da TAP recebem os nomes de John dos Passos e João Vaz Côrte-Real

 width=“750” height=
Os novos A330-200 da TAP Portugal, que diariamente atravessam o Atlântico nas novas rotas da companhia aérea para os EUA, têm inscritos na fuselagem os nomes de John dos Passos e João Vaz Côrte-Real, duas personalidades de origem portuguesa ligadas ao continente americano e aos arquipélagos dos Açores e da Madeira, presentemente duas regiões autónomas portuguesas, com grande destaque no todo nacional, duma forma especial para a TAP, que mantém diversos aeroportos das ilhas na sua rede.

Neto de madeirenses, John dos Passos foi um dos escritores norte-americanos mais apreciados da primeira metade do século passado, sendo também reconhecido como um pintor notável. Nasceu em 1896, em Chicago, mas a sua origem é portuguesa, tendo o seu avô partido da Ponta do Sol, na ilha da Madeira, com apenas 18 anos de idade. Após terminar a sua licenciatura em Harvard, o escritor publica a sua primeira obra em 1919, ‘One Man’s Initiation’. Contudo, é com ‘Manhattan Transfer’, publicado em 1925, romance que retrata em episódios a vida na cidade de Nova Iorque, que obtém o reconhecimento generalizado da crítica especializada.  Publicou ainda a trilogia ‘U.S.A.’, que inclui a obra ‘The 42nd Parallel’, uma das que mais expressão teve junto dos leitores norte-americanos.

Já perto do final da sua vida, John Dos Passos dedicou ainda uma obra à ‘História de Portugal: Três Séculos de Explorações e Descobertas’, publicada em 1969, em que se encontra reflectido o fascínio do autor pelas suas origens portuguesas, retratando na mesma o apogeu e queda do País enquanto potência mundial, a partir das suas próprias experiências de viagem e investigação histórica. 
Muitas vezes associado a Ernest Hemingway, de quem foi amigo, Jean-Paul Sartre chega mesmo a designá-lo como “o maior escritor do nosso tempo.” Na vila da Ponta do Sol, no oeste da ilha, o ‘Centro Cultural John dos Passos’ assinala a ligação do escritor à terra de origem dos seus antepassados.

TAP A330-200 CS-TOS 900px

Nascido no Algarve, cerca de 1430, João Vaz Côrte-Real distingue-se como um dos principais navegadores portugueses do século XV. João Côrte-Real terá sido um dos primeiros europeus a atingir o continente americano, entre 1470 e 1473. A sua primeira expedição terá sido realizada cerca de 1470, tendo talvez chegado à Terra Nova. Mais tarde, terá efetuado outras viagens que lhe permitiram explorar as margens do rio Hudson, na atual Nova Iorque, e as do rio São Lourenço, até ao Canadá, chegando à Península de Labrador. A Coroa Portuguesa atribuiu-lhe o título de Capitão-Donatário de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, no arquipélago dos Açores, onde viveu grande parte da sua vida e onde viria, também, a falecer em 1496.

“No âmbito do seu programa de expansão para o mercado norte-americano, a TAP homenageia, desta forma, duas singulares individualidades, inscrevendo os seus nomes nos novos aviões A330 a operar especialmente para Nova Iorque/JFK e Boston”, refere um comunicado de imprensa da companhia aérea portuguesa, distribuído nesta terça-feira, dia 16 de agosto.

Os dois aviões chegaram a Portugal no início deste Verão, vindos da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, parceira da TAP, após o processo de privatização de parte do capital da empresa portuguesa, para reforçar a frota, tendo em vista o aumento das operações entre Lisboa e os Estados Unidos da América, agora com voos diários para Nova Iorque/JFK, Boston/Logan e Miami. Estas aeronaves que foram renovadas e repintadas com as cores da TAP, apresentam interiores de cabina completamente renovados e mais conforto, não só em Classe Executiva, com cadeiras full flat, como também em Classe Económica, com cadeiras slimline, dispondo de maior distância entre si e sistemas de entretenimento on demand.

“Os novos A330 cruzam, assim, o Atlântico, dando continuidade a uma rota ancestral percorrida por portugueses há mais de 500 anos”, conclui a nota de imprensa da TAP Portugal.

O nome de John dos Passos foi dado o avião coma  matrícula CS-TOT e o de João Vaz Côrte-Real ao que ostenta o registo nacional CS-TOS.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica