Bem-vindo, !|Sair

O maior motor do mundo está pronto para voar


 

Com uma fan de material de compósito com mais de 11 pés (3,35 metros) de diâmetro, o General Electric GE9X é o maior motor do mundo em desenvolvimento. Trata-se do novo motor do Boeing 777X, que de acordo com a construtora norte-americana, será a maior e mais eficiente aeronave de corredor duplo a operar no mundo.

Depois de muitos testes em solo, que se iniciaram em março de 2016 chegou a altura do primeiro voo. Para isso a GE acaba de montar, o quarto motor de testes GE9X na asa de um B747-400 que servirá de plataforma de testes, uma imagem GE divulgada em primeira mão pela Aviation Week.

Montado ao lado de motores CF6-80C2, que servirão também para comparação de métricas, num processo que foi só por si um desafio de engenharia, os técnicos da Boeing tiveram que colocar o motor mais afastado do bordo da asa e com um ligeiro ângulo (5 graus)  para manter o espaçamento ao solo que mesmo assim é insuficiente, e que condicionará o trabalho dos pilotos de testes sobretudo nas aterragens.

O peso do motor da asa condicionou também os estudos de performance do B747-400 de testes. Os engenheiros da Boeing removeram as extensões das asas de modo a acomodar esta nova carga.

Foto: GE

A GE já produziu quatro motores de teste. Dois serão enviados agora para a fábrica da Boeing para serem montados no primeiro protótipo do B777-9 em 2018, que deverá voar pela primeira vez nos primeiros meses de 2019.

Este novo motor consumirá menos 10 por cento de combustível comparados com o motor GE90-115B, que equipa presentemente a maioria dos Boeing 777-300ER.

Veremos ainda uma redução de emissão de gases poluentes em cerca de 30%, ficando assim abaixo dos padrões de regulamentação ambiental previstos para as próximas décadas. (CAEP/8)

 

Mais sobre o B777X

Com um preço anunciado de 360 milhões de euros, o B777X terá capacidade para até 375 passageiros na versão B777-8, e até 425 passageiros na versão B777-9.

Este gigante dos céus tem uma envergadura de asa de cerca de 72 metros, totalmente construída em material compósito mas com um sistema que permite dobrar a ponta da asa em 3,5 metros de cada extremidade para melhor operação nos aeroportos. Uma cabina mais espaçosa, com melhor ambiente e janelas mais amplas fazem também parte da evolução do Boeing 777.

 

Clientes Confirmados

All Nippon Airways

Cathay Pacific

Emirates

Etihad Airways

Lufthansa

Qatar Airways

Singapore Airlines

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica