Octogenária chinesa atira moedas para dentro do motor do avião… e atrasa voo


 

Uma chinesa que viajava acompanhada pelo marido e outros familiares atirou diversas moedas para dentro do motor do avião no qual estava a embarcar no Aeroporto de Xangai/Pudong, na República Popular da China, como forma de ganhar a proteção divina para a viagem que iria iniciar.

Alguns passageiros, mais esclarecidos e receosos de que o ingénuo ato da mulher de 80 anos de idade pudesse ter resultados trágicos quando o motor fosse ligado, alertaram a tripulação do avião que de imediato informou os técnicos de manutenção da companhia.

Feita a primeira inspeção foram encontradas oito moedas no chão, junto da asa. Contudo, a mulher não sabia ao certo quantas moedas tinha atirado em direção ao motor, pelo que os serviços de manutenção da China Southern Airlines optaram por desmontar partes do motor e verificar a existência de outras moedas. No final foi encontrada mais uma moeda e a mulher foi entregue aos serviços policiais do aeroporto.

Acabou por seguir viagem com a família, depois de identificada. A polícia disse que a passageira, que disse seguir uma religião budista, justificou o seu ato como uma oferenda aos deuses para a protegerem e à sua família na viagem de avião.

A aeronave era o Airbus A320, matrícula B-6702, que fazia o voo doméstico CZ380 com destino ao Aeroporto de Guangzhou. O avião que deveria ter chegado pelas 15h05, apenas aterrou pelas 20h15 locais, com um atraso de mais de cinco horas, nesta terça-feira, dia 27 de junho.

É muito frequente a ocorrência de incidentes deste tipo com passageiros nas companhias chinesas, dado que muitos desconhecem as regras básicas de segurança do transporte aéreo. Os mais frequentes são passageiros que procuram abrir as portas das aeronaves mal estas chegam ao aeroporto. Tudo resultado do desconhecimento, sem medir as consequências que possam advir dos seus atos.

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica