Bem-vindo, !|Sair

OGMA abre candidaturas para Programa Trainee

Identificar jovens recém-formados para funções-chave e assegurar o crescimento do negócio são os objetivos da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal, S. A. com a promoção da 5.ª edição do Programa Trainee, uma iniciativa anual que procura captar jovens do mundo académico com potencial e prepará-los para a realidade da indústria aeronáutica. As candidaturas abriram na sexta-feira, dia 20 de maio, e o programa tem arranque previsto para outubro.

O Programa Trainee disponibiliza 10 vagas destinadas a recém-formados provenientes de áreas de conhecimento como engenharia mecânica, aeroespacial, eletrotécnica, de computadores, materiais, química e bioquímica,  engenharia e gestão industrial, economia e gestão. A candidatura deve ser enviada por e-mail, para recrutamento@shlportugal.pt. Após esta fase, os candidatos passam por um processo rigoroso de recrutamento e seleção, do qual fazem parte diversas fases, nomeadamente provas de grupo e assessment.

Criado em 2011, o Programa Trainee da OGMA proporciona uma experiência de formação diferenciadora ao longo de 12 meses. Durante este período os trainees são responsáveis pelo desenvolvimento de um projeto considerado de elevado valor acrescentado para a nossa Empresa. Os trainees são acompanhados por tutores (quadros superiores da empresa), que são identificados e preparados previamente para esta função. É responsabilidade dos tutores integrar, desenvolver, avaliar e decidir sobre o desempenho dos trainees nos projetos que se propõem desenvolver. Esta característica permite à OGMA identificar tutores que pela primeira vez vão experienciar uma função de liderança, acelerando assim o seu processo de desenvolvimento para futuros desafios.

Os trainees iniciam o programa com duas a três semanas de imersão na realidade da OGMA, com uma formação transversal em temas especializados do setor aeronáutico, formação comportamental e visitas às áreas de produção. Um outro momento relevante para conhecimento da realidade da empresa são as “Conversas com os Diretores”, iniciativa que permite ao grupo de formandos ter contacto com o diretor de cada uma das áreas da empresa, proporcionando uma visão geral do negócio e do contributo da sua área para a organização.

Do programa fazem parte três momentos de avaliação que permitem o acompanhamento dos projetos que estão a ser desenvolvidos. Estas apresentações constituem momentos-chave no processo de desenvolvimento e evolução dos trainees e são assistidas por colaboradores das áreas onde os trainees estão inseridos, pelas áreas que se relacionam com os projetos e pela direção da OGMA. A avaliação determina a continuidade dos trainees na empresa.

Para além do Programa Trainee, as iniciativas da OGMA no domínio da formação e desenvolvimento pessoal são dinamizadas através da Academia OGMA, que tem como principal objetivo formar e renovar conhecimentos dos quadros da empresa. A Academia OGMA está organizada por Escolas, que ministram formações com conteúdos pensados para os diferentes níveis de atuação dos seus colaboradores com base numa lógica evolutiva de formação. No contexto do seu relacionamento com a comunidade, a OGMA tem ainda protocolos com outras entidades ligadas ao emprego e ao ensino, como o IEFP e a Escola Secundária Gago Coutinho, em Alverca.

OGMA Logo_trainee 900px

Criada em 1918, a OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal, S. A. assenta a sua atividade em duas áreas de negócio – Manutenção, Reparação e Revisão Geral de Aeronaves e de Motores e Componentes de Aviação Comercial, Executiva e de Defesa, e Fabrico de Aeroestruturas para aeronaves civis e militares.

Com uma localização privilegiada, junto a Lisboa, a OGMA conta com uma área superior a 400 mil metros quadrados, que inclui 10 hangares de manutenção, áreas de fabricação, uma área de manutenção de motores de grande dimensão devidamente equipada, múltiplas oficinas de apoio e uma pista de aterragem e descolagem com 3 mil metros de extensão. A experiência da OGMA é atestada pelas diferentes entidades e fabricantes aeronáuticos, nomeadamente a EMBRAER, Rolls-Royce e a Lockheed Martin.

Em fevereiro de 1994 a empresa tornou-se uma Sociedade Anónima (S. A.) e mudou a denominação, passando de as O.G.M.A. – Oficinas Gerais de Material Aeronáutico para a OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal, S. A.

Desde a privatização, concretizada em 2005, a OGMA é detida em 65% pela Airholding SGPS (100% EMBRAER) e em 35% pela Empordef (100% Estado Português). A empresa conta com 1.595 trabalhadores e registou em 2015 um volume de negócios de 188,682 milhões de euros.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica