Passageiro tentou pegar fogo a Airbus A320 chinês em pleno voo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um passageiro que viajava a bordo de um avião da companhia chinesa Shenzhen Airlines tentou pegar fogo na aeronave, tendo utilizado um recipiente com gasolina e um isqueiro de fumador. Atentos às ‘manobras’ do tresloucado e ocasional companheiro de viagem, alguns passageiros e comissários de bordo conseguiram dominar o incendiário e o fogo que fez estragos a bordo, mas de pouca monta, já que não colocou em causa a estabilidade da aeronave.

O avião, um Airbus A320, pousou no Aeroporto de Guangzhou, tendo declarado emergência. A bordo seguiam 95 passageiros e nove tripulantes, que abandonaram o avião pelas mangas de socorro imediatamente após a paragem do aparelho. Duas pessoas ficaram feridas e tiveram de receber assistência médica.

Incidente Shenzhen Airlines A320_B 600pxIncidente Shenzhen Airlines A320_A 900px

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este incidente, segundo refere a imprensa chinesa neste fim-de-semana, surge num momento muito sensível para o sistema de segurança de passageiros nos aeroportos da China. Há poucas semanas as autoridades ordenaram um novo e rigoroso regulamento de restrições de embarque nos aeroportos chineses, em que foi proibido o embarque na cabina, em bagagem de mão, de substâncias inflamáveis, incluindo todas as bebidas alcoólicas, e isqueiros a gás ou outros acendedores de cigarros.

Nem a polícia, nem a Shenzhen Airlines, possuem quaisquer indicações sobre o homem que, supostamente, pretendia provocar um acidente aéreo, nem tão pouco sobre a motivação desta condenável atitude. A polícia prendeu-o para averiguações, não tendo revelado quaisquer dados sobre o incidente que se verificou na madrugada de sábado, dia 25 de Julho,  num voo de Huangyan para Guangzhou.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Mais passageiros transportados interilhas em Cabo Verde em março e abril deste ano

Os dois aviões fretados pela TACV, companhia aérea estatal...

Presidente da TAP defende que o Estado Português não deve privatizar totalmente a empresa

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, defendeu que o...