Passageiros da EasyJet saíram pelas mangas de emergência por suspeita terrorista


 

Um avião Airbus A319 da EasyJet divergiu no sábado, dia 10 de junho, para o Aeroporto de Colónia/Bona, na Alemanha, devido a um incidente de segurança, confirmou a companhia britânica de baixo custo.

A aeronave fazia um voo regular de Ljubljana, capital da Eslovénia, para Londres/Stansted quando a tripulação de cabina se apercebeu “que vários homens estavam a falar de assuntos terroristas”, segundo revelou um porta-voz da polícia, citado pela agência ‘France Press’.

Após a aterragem em Colónia/Bona, numa área de segurança do quinto maior aeroporto da Alemanha, por volta das 18h00 (hora local), a polícia fez desembarcar os 151 passageiros utilizando as mangas insufláveis de emergência e isolou uma mochila pertencente aos suspeitos, que acabou por ser detonada.

Os três homens foram entregues à polícia de Colónia, que os interrogou sobre “suspeitas de planeamento de crime grave contra o Estado”. Os três passageiros britânicos, com 31, 38 e 48 anos de idade, não são conhecidos dos serviços de segurança alemães, nem referenciados nos arquivos policiais europeus por terrorismo, indicaram as autoridades. Não se conhece o paradeiro dos três homens após o interrogatório.

Neste domingo, dia 11 de junho, a polícia alemã anunciou que não encontrou quaisquer explosivos a bordo da aeronave, que foi inspeccionada com minúcia e com a colaboração de cães treinados.

Uma porta-voz da EasyJet disse que “o piloto tomou a decisão como uma precaução para permitir que a aeronave passasse por verificações de segurança adicionais em Colónia/Bona”. A porta-voz agradeceu ainda a compreensão dos passageiros e referiu que “a segurança dos passageiros e da tripulação da EasyJet é a maior prioridade”.

Os passageiros foram transportados num outro avião que a EasyJet deslocou para Colónia/Bona neste domingo.


“Como

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica