Passaredo compra MAP Linhas Aéreas e passa a designar-se VoePass

A Passaredo Linhas Aéreas, empresa brasileira de transporte aéreo, com sede em Ribeirão Preto (no interior do Estado de São Paulo), que se dedica ao transporte regional, anunciou nesta quarta-feira, dia 21 de agosto, a aquisição da companhia aérea regional MAP Linhas Aéreas, com sede em Manaus, que atua no Norte do Brasil, e que acaba de ganhar 12 slots no Aeroporto de Congonhas (LINK notícia relacionada).

Com a compra da MAP, a Passaredo passa a deter 26 operações diárias (52 voos, contando ambas as pernas dos percursos) no aeroporto que concentra a Ponte Aérea entre São Paulo e o Rio de Janeiro, uma das rotas de tráfego mais intenso da América Latina.

Num comunicado distribuído pela Passaredo, esta garante que irá manter todas as operações da companhia amazonense. De acordo com o presidente da empresa, José Luiz Felício Filho, “sempre tivemos muito interesse na Região Norte, mas a dificuldade logística nunca permitiu nossa expansão para aqueles mercados. Agora, com uma estrutura completa em Manaus, inclusive de manutenção, poderemos dedicar uma frota de aeronaves para assumir as operações regulares no Norte”.

Por enquanto, as duas companhias, que passarão a trabalhar com a nova designação comercial ‘VoePass’, terão uma frota padronizada de aeronaves ATR. A identidade corporativa manterá as cores da Passaredo.

 

Voos em São Paulo/Congonhas começam no dia 27 de outubro

A expansão das operações trará um importante incremento de receita e equilíbrio financeiro para a empresa. “Já estamos preparados para o início dos voos em São Paulo em 27 de outubro, e em breve lançaremos a nova malha na capital paulista. Logo após o início dos voos em Congonhas, iremos trabalhar na expansão da malha da Região Norte”, anunciou presidente da Passaredo, que adiantou que nessa região os novos voos só surgirão em 2020.

A similaridade da frota operada pelas empresas facilitou o processo de compra, e, de acordo com a Passaredo, trará inegável ganho de rentabilidade às operações. Juntas, as frotas representam 13 aeronaves modelo ATR, sendo 10 atualmente em operação e outras 3 adicionais com chegada prevista para os próximos 45 dias. “A sinergia irá otimizar, por exemplo, a necessidade de estoque de peças, frota reserva e mecânicos. Cada empresa teria que ter sua estrutura em Congonhas e agora, em conjunto, iremos readequar essa necessidade”, diz Felício.

A aquisição do controle acionista da MAP consolida a vocação regional da Passaredo, que passa a atender a 28 destinos no Brasil, e irá permitir também a ampliação do acesso ao aeroporto de Congonhas a importantes mercados que atualmente operam em aeroportos periféricos, como Viracopos e Guarulhos. “Acreditamos em ampliar de forma significativa o acesso de mercados regionais ao Aeroporto de Congonhas. O programa ‘São Paulo para Todos’ é um diferencial que nos estimula a aumentar os destinos regionais da Passaredo. Nossa operação não irá apenas gerar concorrência nesses mercados regionais, mas também irá oferecer um produto de qualidade para os usuários que precisam ir a São Paulo”, diz Eduardo Busch, diretor-geral executivo da Passaredo.

O plano de expansão da Passaredo prevê operações em cidades como Araçatuba, Bauru, Marília, Uberaba, Dourados, Ipatinga, Ponta Grossa, entre outras localidades, além de novos destinos na Região Norte. Até o final de 2019, a Passaredo atenderá a 37 localidades em todas as regiões do Brasil.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica