Pilotos portugueses satisfeitos pela aprovação do Plano de Reestruturação da TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) felicitou nesta quarta-feira, dia 22 de dezembro, as “instituições europeias” pela aprovação do plano de reestruturação da TAP, destacando aquele que consideram “o fator mais assinalável”, ou seja, “o não despedimento de pilotos”.

Numa nota enviada aos associados, a que a agência de notícias ‘Lusa’ teve acesso, a estrutura sindical “felicita as instituições europeias pela aprovação do plano de viabilização da TAP, nomeadamente o foco na missão primordial da TAP como solução para a reestruturação”.

De acordo com o sindicato, “apostar no transporte aéreo, que é a especialização da empresa, e isolar as outras áreas de negócio com índices de rentabilidade diferentes, é um caminho que se pode revelar melhor do que aquele que estava projetado”, lê-se na missiva.

“O SPAC regista as estratégias agora impostas e está disponível e motivado para contribuir para a implementação das mesmas em conjunto com a administração da TAP, nomeadamente na definição das métricas”, acrescenta a estrutura sindical.

O sindicato destaca ainda aquele que considera “ser o fator mais assinalável desta estratégia, o não despedimento de pilotos, em primeira instância pela falta de visão estratégica que isso iria conferir ao processo”, garantindo que o SPAC e a classe profissional que representa “são uma parte crucial para a solução dos problemas da TAP e da aviação comercial em Portugal”.

A Comissão Europeia informou na terça-feira que aprovou o plano de reestruturação da TAP e a ajuda estatal de 2.550 milhões de euros, impondo que a companhia aérea disponibilize até 18 slots por dia no aeroporto de Lisboa (LINK notícia relacionada).

 

  • Imagem meramente ilustrativa – Foto © TAP

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica