Bem-vindo, !|Sair

Porto ganha ‘Ponte Aérea’ para Lisboa, mais voos para a Madeira e mantém voos intercontinentais

A TAP Express, a nova companhia que substitui a PGA, e que ganha o estatuto de subsidiária da TAP Portugal para os voos domésticos e para a Europa e Norte de África, nos percursos mais próximos de Portugal, será a grande protagonista da ‘Ponte Aérea’ entre os aeroportos de Lisboa e do Porto, com voos a cada hora, excepto de madrugada, a partir de 39 euros, anunciou nesta quinta-feira, dia 14 de janeiro, o presidente executivo do grupo aéreo português.

A ‘Ponte Aérea’ terá 16 voos diários de ida-e-volta entre o Porto e Lisboa, utilizando os novos aviões da TAP Express (ATR 72-200/600) e também da frota A320 nos horários e períodos em que a maior procura o justificar.

160x600 Generic

Trata-se de um produto e serviço inovadores, com check-in e portas de entrada nas aeronaves dedicados e embarque rápido e simples. Fernando Pinto prometeu aos jornalistas que estiveram presentes nesta quinta-feira no Hangar 5 da TAP, no Aeroporto Internacional de Lisboa, que estão a ser negociados com a ANA Aeroportos de Portugal, os melhores acessos dentro dos terminais e as portas que poupem tempo aos passageiros, de forma a agilizar os movimentos e justificar a rapidez do transporte e o conforto dos utentes.

O presidente da TAP confirmou a possibilidade de poderem ser criados mais voos diretos do Porto para a ilha da Madeira, um destino com grande procura, nomeadamente na época de Verão. Serão mantidas as ligações diretas a importantes cidades europeias e manter-se-á igualmente a operação de longo curso, com voos para Nova Iorque, São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Reestruturação da Rede fortalece posição da TAP em mercados de maior potencial

Após cuidada análise de toda a operação, a TAP decidiu reestruturar a sua rede a partir de 27 de março, com alterações pontuais na sua oferta, traduzidas em reduções ou suspensões em algumas rotas deficitárias, compensadas pelo reforço noutros mercados de maior procura. Estas mudanças permitem um aumento do resultado operacional da empresa em 60 milhões de euros por ano, revela a companhia.

É ainda reforçado, num total de 124, o número de frequências semanais para os destinos operados presentemente.

Estas mudanças traduzem-se em maiores vantagens para os passageiros da TAP, que beneficiam de um produto mais consistente, com mais serviços e maior conetividade.

Na apresentação destas novidades, Fernando Pinto, presidente executivo da companhia considerou que “a TAP vive dias históricos, que nos permitem desenvolver uma TAP cada vez mais moderna e competitiva, atenta às necessidades dos seus passageiros e fortemente comprometida em servir Portugal e os restantes mercados onde opera”.

“Os investimentos já em curso, que incluem a encomenda de 53 novos aviões, 60 milhões de euros na modernização dos interiores da atual frota, 11 milhões na introdução de dispositivos ‘sharklet’ em 12 aviões da família Airbus A320, dois milhões numa nova plataforma digital de reservas e agora o aumento e renovação total da frota da PGA, permitem-nos encarar o futuro com toda a confiança de que a TAP Portugal vai ser cada vez mais forte, aumentando assim o seu já muito importante contributo para a economia nacional e para a afirmação de Portugal no mundo”, disse o presidente executivo do grupo aéreo português.

 

TAP Express vai voar Lisboa-Vigo (Galiza)

Entre os novos destinos ficou a saber-se que a TAP Express vai voar já a partir do próximo Verão para a cidade espanhola de Vigo, na Galiza.

Os primeiros ATR 72, um dos quais já foi liberado pela AZUL e vai ser pintado com as cores da TAP Express, chegarão em março. Os Embraer E190 começam a chegar a Lisboa no mês de abril.

A introdução dos novos aviões representará uma redução de custos da ordem dos 40 por cento, disse Fernando Pinto.

A nova frota da PGA Express, num total de 17 aeronaves, será constituída por oito ATR72 (mais eficientes em cerca de 67% que os atuais Emb145 Private da PGA) e nove Embraer E190 (mais eficientes 17% que os velhos Fokker F100, com cerca de 25 anos ao serviço da companhia portuguesa). No Verão de 2016 a frota da nova TAP Express terá uma média de dois anos de serviço.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica