Portugal autoriza reforço das verbas para o programa do KC-390 da Embraer

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O Governo da República Portuguesa vai gastar mais 8,3 milhões de euros para participar no no projecto de desenvolvimento e produção da aeronave de transporte logístico militar KC-390, de iniciativa brasileira. A fabricante aeronáutica Embraer produz componentes para este modelo militar nas suas instalações em Évora, no sul de Portugal.

A decisão governamental anunciada nesta quinta-feira, dia 10 de Setembro, em Lisboa, reforça a intenção já manifestada de Portugal adquirir alguns aviões KC-390 para a suas Forças Armadas.

“A autorização hoje aprovada foi de um aumento de despesa de mais 8,3 milhões de euros, fazendo ascender o total do projecto a 38,3 milhões de euros para o período dos próximos quatro anos”, referiu o ministro da Presidência Luís Marques Guedes após a última reunião do Conselho de Ministros nesta quinta-feira, na capital portuguesa.

O interesse do Governo luso em adquirir estes aviões para a Força Aérea já foi tornado público em diversas situações, embora não se tenha concretizado qualquer negócio até ao momento. Em Fevereiro no Parlamento, o ministro da Defesa José Pedro Aguiar-Branco chegou mesmo a admitir que a decisão de compra poderia acontecer este ano, estando previstos 40 milhões de euros para pagamentos iniciais.

As duas fábricas da Embraer em Évora foram inauguradas em 2012 e representaram um investimento de quase 180 milhões de euros, apoiado pelo Governo Português.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...