Quebra nas vendas de viagens em fevereiro ultrapassa 90% em Portugal

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

As agências de viagens IATA portuguesas, maior canal de venda de voos, com mais de 70% do mercado, voltaram a registar, em fevereiro, uma quebra de vendas acima dos 90%. Com este resultado atinge quase 129 milhões de euros a queda de vendas nos primeiros dois meses deste ano, em comparação com o período homólogo de 2020.
Dados do BSP (sigla da denominação em inglês do sistema da IATA para a regularização das vendas de voos pelas agências de viagens, ‘Billing and Settlement Plan’) a que a agência de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR’ teve acesso, indicam que desde novembro de 2020 que as quebras homólogas mensais eram ligeiramente inferiores a 90%, de 88,7% em novembro, 80,8% em dezembro e 87,1% em janeiro de 2021.
Em fevereiro, estava Portugal no ‘pico’ de mais uma ‘onda’ de expansão da pandemia de covid-9, a quebra foi de 90,7%.
Dessa forma, a quebra média de vendas nos dois primeiros meses deste ano sobe para 88,8%, com um decréscimo de 145,1 milhões para 16,26 milhões de euros.
O quadro fica mais negro quando se compara com os primeiros dois meses de 2019, em que foi atingido o recorde de 150,7 milhões, o que leva a quebra este ano para 134,5 milhões ou 89,2%.
O BSP da IATA contabiliza a venda de voos regulares (excluem charters) reservados através dos GDS, sistemas de reservas e vendas disponibilizados às agências de viagens e operadores turísticos.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo Português envia avião da TAP com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul

O Governo português vai enviar, na próxima terça-feira, dia...

GOL e AZUL anunciam acordo de ‘codeshare’ que vigorará a partir do final de junho

As companhias aéreas brasileiras GOL e Azul anunciam nesta...

SATA Air Açores transportou doentes do Hospital de Ponta Delgada que estavam na Madeira

A SATA Air Açores realizou nesta quarta-feira, dia 22...