Queda de avião executivo provoca 14 mortos no México

Morreram todos os 12 passageiros e dois pilotos de um avião executivo Bombardier Challenger 601, matrícula N601VH, que se despenhou na noite de domingo, dia 5 de maio, no México, numa zona montanhosa entre os limites dos Estados de Chihuahua e de Coahuila. A informação foi prestada nesta segunda-feira pelas autoridades estaduais, que dirigiam os trabalhos de busca da aeronave desaparecida desde ontem.

Todos os ocupantes eram de nacionalidade mexicana e regressavam de Las Vegas, no estado norte-americano de Nevada, onde tinham se deslocado no fim-de-semana para assistir a um combate de boxe, em que interveio um dos mais conhecidos praticantes da modalidade no México.

O avião encontrava-se desaparecido desde as 19h00 locais de domingo, tendo sido encontrado por brigadas de busca e resgate aéreo, pelas 12h00 locais (17h00 UTC) desta segunda-feira, dia 6 de maio.

O alerta tinha sido emitido pelo Centro de Controlo Aéreo da Área de Monterrey, depois de ter perdido o contacto com a aeronave, por volta das 18h30 locais. O avião tinha como destino a cidade de Monterrey, no Estado de Nuevo León.

Segundo informação do portal ‘FlightAware’ o aparelho acidentado tinha saído da fábrica em 1989 e era propriedade da empresa de aluguer de aeronaves executivas ‘TVPX Aircraft Solutions Inc.’

 

  • Notícia em desenvolvimento – 18h10 UTC

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica