Bem-vindo, !|Sair

Queda de bimotor provoca sete mortos no Canadá

Um avião bimotor turboélice Mitsubishi MU-2B-60, com sete pessoas a bordo, caiu nesta terça-feira, dia 29 de março, quando estava perto de pousar no Aeroporto de Havre-aus-Maisons, na Ilha da Madalena, situada no Golfo de São Lourenço, no Oceano Atlântico Norte. Esta ilha é administrada pela Província do Quebeque, no Canadá.

O acidente aconteceu pelas 11h40 locais (16h40 UTC) quando o avião estava prestes a pousar na pista. As condições atmosféricas eram más e havia queda de neve e ventos fortes no momento em que o avião fazia a aproximação à pista. Segundo a Polícia Federal do Canadá, a aeronave, que tinha a matrícula norte-americana N246W, caiu nuns terrenos baldios tendo o aeroporto à vista, incendiando-se em seguida. Todos os ocupantes morreram. Os corpos foram recolhidos entre os destroços carbonizados e espalhados no terreno.

MU-2B-60 N246W AnnieCorriveau 900px

Segundo a imprensa canadiana, seguia a bordo do avião Jean-Charles Lapierre, de 59 anos de idade, um conhecido político canadiano, antigo membro do Parlamento do Canadá e ex-ministro da Província do Quebeque, que era também um dos mais respeitados e populares comentadores políticos do País, nomeadamente na zona francófona.

Lapierre tinha fretado um avião e seguia acompanhado por cinco pessoas de família para a ilha Madalena, onde deveria acompanhar o funeral de seu pai, falecido na semana passada.

O avião Mitsubishi MU-2B-60, concebido pela conhecida fábrica japonês ado mesmo nome, tem capacidade para embarcar 10 passageiros. O que resultou destruído neste acidente tinha sido construído em 1982.

 

  • A foto de entrada mostra o avião acidentado fotografado num aeroporto norte-americano por Glenn E. Chatfield/Airport.Data.com
  • A foto obtida depois do acidente é da autoria de Annie Corriveau/Rádio Canada

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica