Queda de hidroavião no Canadá mata cinco europeus e o piloto – com vídeo

Um desastre com um hidroavião provocou neste domingo, dia 23 de agosto, seis mortos na localidade de Les Bergeronnes, na província do Quebec, no Canadá.

Cinco passageiros e um piloto morreram a bordo de um Havilland Canada DHC-2 Beaver da Air Saguenay que caiu numa zona de floresta, pelas 13h40 locais. O governo canadiano confirmou que os corpos tinham sido resgatados, mas não revelou identidades. Segundo um porta-voz do Ministério de Negócios Estrangeiros, todos os passageiros eram europeus, sendo quatro de nacionalidade britânica e uma francesa, Emilie Delaitre, de 28 anos de idade, muito popular pela sua página de viagens e aventuras no Facebook.

O hidroavião tinha descolado de Tadoussac, na costa norte do Golfo de São Lourenço, a cerca de 270 quilómetros de distância da cidade do Quebec.

O comandante Roman Desrosiers, que tripulava o aparelho, é um piloto muito conhecido e experiente. Tinha 6.000 horas de voo e 14 anos de trabalho naquele posto. Era considerado um piloto conhecedor e prudente.

O avião foi construído em 1956. A companhia esclareceu que não obstante a idade do aparelho, 49 anos, tinha sido completamente reconstruído e equipado com um novo motor.

 

  • Foto distribuída pela ‘Transportation Safety Board’, autoridade nacional de segurança em transportes do Canadá.

 

O vídeo que disponibilizamos a seguir é falado em francês e foi feito para promoção dos passeios de hidroavião da Air Saguenay. A partir do minuto 1:54 vê-se o comandante Roman Desrosiers falecido neste acidente e diversas evoluções de um Havilland Canada DHC-2 Beaver, que não há certeza de que tenha sido o envolvido no acidente, no tour aéreo pelo Golfo de São Lourenço:

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica