Bem-vindo, !|Sair

Queniana é a primeira mulher africana aos comandos de um ‘B787 Dreamliner’

A Kenya Airways anunciou ontem a qualificação da primeira mulher piloto como comandante de Boeing 787 Dreamliner na companhia.

A comandante Irene Koki Mutungi é assim a primeira mulher africana a ser promovida ao posto de comandante no mais moderno aviação comercial do mundo dedicado a voos de longo curso.

Irene Mutungi foi a primeira mulher piloto na companhia, situação que se verificou durante seis anos, até que fossem admitidas outras mulheres nos cockpits da companhia africana. Voou como primeiro oficial nos Boeing 767-300ER, onde se tornou também a primeira mulher comandante desse tipo de avião na Kenya Airways.

A companhia queniana, hoje uma das mais importantes do continente africano, quer em dimensão, quer em prestígio, celebrou a entrada de Irene Mutungi, na poltrona do lado esquerdo do ‘cockpit’ do seu ‘Dreamliner’, que integra a frota da companhia desde o passado dia 5 de Abril – receberá mais cinco aparelhos iguais até final do ano – e apontou o seu exemplo, como de encorajamento para a emancipação e valorização das mulheres africanas.

A Kenya Airways voa para três países de língua oficial portuguesa: Angola (Luanda), Brasil (São Paulo) e Moçambique (Maputo, Nampula e Pemba).

 

  • Irene Mutungi é a primeira mulher africana a comandar um ‘Dreamliner’ e também a primeira mulher negra em tais funções, garante o ‘blog’ de Wolfgang H. Thome, um especialista em turismo e aviação nos países do Leste de África. A foto foi retirada, com a devida vénia, do blog do Professor Thome.

1 Comments

  1. Qatar Airways tem uma comandante de 787 desde Janeiro 2013.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica