Bem-vindo, !|Sair

Relatório final sobre a queda do A320 da Air Asia diz que houve uma falha mecânica

As autoridades indonésias anunciaram hoje que a causa do desastre em que esteve envolvido um Airbus A320 da Air Asia, em 28 de dezembro do ano passado, foi uma falha mecânica. O avião que fazia o voo QZ8501, caiu nas águas da ilha do Bornéu morrendo todas as 162 pessoas que seguiam a bordo.

O relatório final divulgado na manhã desta terça-feira, 1 de dezembro, em Jacarta, capital da Indonésia, refere que o computador de bordo falhou quatro vezes antes de a aeronave entrar “num estado de bloqueio prolongado, além da capacidade de recuperação da tripulação”. Os repetidos erros no computador do avião, causados por uma falha mecânica, levaram o piloto a perder controlo do aparelho, indica o documento de três folhas distribuído pelo Comité Nacional de Segurança de Transportes .

O voo QZ8501 da AirAsia partiu de Surabaia, na ilha de Java, na madrugada de 28 de dezembro de 2014, com 162 pessoas a bordo e tinha aterragem prevista em Singapura, uma hora mais tarde.

O avião voava a uma altura estável e dentro dos limites de peso e equilíbrio, quando o piloto solicitou autorização à torre de controlo para subir de 32.000 para 38.000 pés, de modo a evitar uma tempestade com que se tinha cruzado.

A torre de controlo deu autorização mas o avião virou à esquerda, subiu até aos 37.400 pés em 30 segundos e imediatamente desceu para os 32.000 novamente em 30 segundos, antes de começar a cair em direção ao mar.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica