RIOgaleão e American Airlines promovem Miami entre os agentes brasileiros

A American Airlines voltará ao Aeroporto Internacional António Carlos Jobim/Galeão, na cidade do Rio de Janeiro, a partir da segunda quinzena de dezembro próximo, sete meses depois do início das restrições impostas pela pandemia de covid-19.

Para promover a retoma do voo a empresa concessionária do aeroporto brasileiro, a RIOgaleão, juntou-se à companhia norte-americana e ao ‘Greater Miami Convention & Visitors Bureau’ (GMCVB), entidade que promove o turismo na capital do Estado da Flórida, para realizar o projeto ‘Visitas Virtuais’, com foco na capacitação de profissionais do setor de turismo.

Estas visitas têm como objetivo comunicar os novos cuidados adotados pelo aeroporto – recentemente reconhecido pelo WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo) como o primeiro aeroporto brasileiro a receber o selo ‘Safe Travels’ –, pela American Airlines e pelo destino Miami em contacto com agências de viagens, operadoras e consolidadoras do Brasil.

As conversas serão realizadas em grupos, através de ferramentas de reunião virtual, e visam promover a nova e mais segura experiência de viagem. As medidas adotadas são mostradas em fotos e vídeos, em paralelo com a apresentação dos porta-vozes, que ilustram os cuidados com limpeza, uso de máscara, a nova sinalização dos espaços e as tecnologias de medição de calor no terminal – que visa identificar aglomerações – e câmaras de aferição de temperatura.

As reuniões do projeto também viabilizam a discussão de pontos importantes para os agentes de viagens, como remarcações de bilhetes, retoma das rotas, novos procedimentos e orientações no aeroporto, a bordo e no destino, lugares que já estão abertos e funcionando normalmente em Miami e capacitam os agentes de viagens para vendas que transmitam informação, confiança e segurança aos passageiros.

As reuniões do “Visitas Virtuais” acontecerão no mês de novembro, mas a primeira edição ocorreu em julho. Mais de 150 profissionais, de 15 cidades brasileiras, participaram da iniciativa até então. A expectativa é de um total de 300 pessoas impactadas pela ação.

 

A American Airlines realizará os voos entre Rio de Janeiro e Miami com aeronaves Boeing 787-8 Dreamliner, com capacidade para 234 passageiros. A cidade norte-americana é hub da companhia aérea e conecta brasileiros e outras nacionalidades com diversos outros destinos da América do Norte. Antes da pandemia, o mercado dos EUA era o terceiro maior mercado emissor para o Rio de Janeiro, atrás somente de Argentina e Chile respectivamente.

Para os próximos meses, a expectativa é de aumento da procura por viagens para os EUA. Dados do ‘Skyscanner’, buscador de viagens virtual, mostram que as pesquisas de voos no mês de setembro estão próximas dos números de 2019, principalmente para viagens com antecedência de compra de até 60 dias, chegando a 90% em relação ao mesmo período do ano passado.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica