Bem-vindo, !|Sair

Saab SF-340 da FlyBe atolado na lama em Roterdão – Não houve feridos

Os 17 passageiros de um avião Saab SF-340 da companhia britânica FlyBe (matrícula G-LGNJ), ao serviço da Loganair, que fazia um voo entre Roterdão, na Holanda, e Aberdeen, na Escócia (Reino Unido) tiveram de abandonar a aeronave a pé depois de uma aterragem de emergência em que o avião acabou por ficar atolado na lama, por ter saído da pista, em Roterdão. O incidente ocorreu na sexta-feira, dia 2 de outubro, pelas 16h35 locais.

O comandante da aeronave ter-se-á apercebido de uma avaria no trem logo após a descolagem, pelo que resolveu regressar ao aeroporto, depois de algum tempo a voar para queimar combustível e para garantir um pouso mais seguro.

A parte mais dramática do voo, contudo, aconteceu depois de uma aterragem perfeita, porque o avião não conseguiu suster a marcha a tempo de evitar uma saída de pista, ficando atolado na relva e na lama lateral da pista.

O avião estava a perder um líquido vermelho segundo alguns passageiros que viajavam junto das janelas sobre as asas, que tiveram oportunidade de testemunhar o que estava a acontecer. Mais tarde a tripulação reconheceu que o avião tinha sofrido uma avaria no sistema hidráulico, o que foi confirmado pela própria companhia aérea.

Segundo a imprensa holandesa não houve pânico a bordo da aeronave e todos os passageiros foram unânimes ao elogiar o excelente trabalho da tripulação, tendo alguns até se mostrado satisfeitos pelos muitos minutos que tiveram de passeio forçado sobre a cidade e porto de Roterdão, numa tarde de boa visibilidade.

Os passageiros regressaram na sexta-feira à noite à noite em outro avião ao serviço da Loganair que se deslocou propositadamente da sua base em Glasgow, na Escócia, para levar de regresso os passageiros do avião que ficara preso na lama no Aeroporto de Roterdão.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica