Bem-vindo, !|Sair

‘Selfies’ matam piloto e passageiro na queda de avião ligeiro nos EUA

Investigadores do ‘National Transportation and Safety Board’ (NTSB) dos Estados Unidos da América concluíram que as tão populares ‘selfies’ que são cada vez mais uma prática diária em todo o mundo e que inundam as redes sociais, contribuíram decididamente para um desastre aéreo que matou os dois tripulantes de uma aeronave ligeira há cerca de oito meses.

Segundo o relatório, que foi divulgado na manhã de hoje, terça-feira, dia 3 de Fevereiro, pela imprensa norte-americana, o piloto Amritpal Singh, de 29 anos de idade, e o seu passageiro morreram na queda de um avião ligeiro, Cessna 150, próximo do Aeroporto de Front Range, em Watkins, no Estado do Colorado, em 31 de Maio passado. O acidente ocorreu pelas 00h30, tendo o alerta do desaparecimento do aparelho ocorrido apenas pelas 03h45, quando os familiares deram pela sua falta e pela inusitada demora no retorno ao aeroporto. Os destroços e os corpos dos dois ocupantes foram descobertos apenas de manhã, pelas 07h00.

De acordo com o relatório da NTSB, as gravações de uma câmara ‘GoPro’ que estava colocado a bordo, filmando o voo, recolhida entre os destroços do aparelho, revelaram que tanto o piloto Amritpal Singh, como o seu passageiro, estiveram a fazer ´selfies’ com os seus telefones celulares durante o voo. O relatório aponta que os flashs das câmaras fotográficas dos telefones desorientaram o piloto que não conseguiu recuperar o controlo do avião, caindo no solo.

A NTSB refere ainda que o avião era propriedade do piloto e que não tinha condições técnicas para voos noturnos com passageiros.

 

  • Foto do Gabinete do Sheriff de Adams County publicada hoje em jornais norte-americanos

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica