Seychelles tem uma nova companhia aérea privada

O primeiro voo da Seychelles International Airways está previsto para a próxima quinta-feira, dia 10 de setembro, anunciou a direção da nova empresa aérea com bandeira da república insular do Índico, em conferência de imprensa.

De acordo com a ‘Seychelles News Agency’, este voo inaugural será misto (passageiros e carga). Contudo, a companhia irá concentrar-se primeiro nos voos para transporte de carga, dada a forte demanda induzida pela pandemia de covid-19.

Para o início das atividades, a nova transportadora irá operar um Airbus A340-600 fretado. “Não nos vamos focar nos voos de passageiros neste momento, a menos que haja uma solicitação ou um voo charter, que seguirá todos os procedimentos da Secretaria de Saúde. Vamos nos concentrar em trazer carga para o país, sabendo que é disso que as Seychelles precisam “, disse Robert Marie, o diretor-gerente da empresa.

“Apesar dessa realidade circunstancial, o projeto da transportadora continua sendo voos intercontinentais de longa distância. A longo prazo, o seu promotor também planeia construir um terminal moderno. Robert Marie também está confiante no seu plano de negócios desenvolvido com o apoio de bancos locais e estrangeiros e uma parceria com a empresa francesa Euro-Africa Trading”, escreve o portal de notícias de aviação ‘Newsaero’ dedicado aos países de língua francófona.

Recorde-se que o plano de criação desta nova empresa nasceu em 2011, quando a Air Seychelles foi obrigada a reduzir o seu pessoal devido às suas dificuldades financeiras. Ex-piloto da empresa nacional, Robert Marie temia que, em caso de falência desta, as transportadoras estrangeiras dominassem o tráfego na ilha, como fizeram a British Airways e a Air France em 1985. Apesar das preocupações, a Air Seychelles continua a voar e será, indiscutivelmente, o principal concorrente da Seychelles International Airways no país.

A República das Seychelles é um país insular situado no Mar Índico, frente à costa oriental do continente africano, com um total de 115 ilhas, a maioria desabitadas. A ilha mais importante é Mahé, onde se situa a capital, a cidade de Victoria. O total de habitantes do arquipélago é de cerca de 100.000 pessoas. A sua atividade económica mais importante é o turismo. O arquipélago é muito procurado por turistas de diversas paragens devido às suas praias, com enquadramentos muito bonitos e águas cristalinas, a par das suas florestas tropicais.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica