Sindicato dos tripulantes de cabina foi falar com a Administração da SATA

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

banner_ noticias

 

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) denunciou na sexta-feira, dia 12 de Junho, vários problemas de gestão corrente na companhia aérea SATA, nomeadamente a necessidade de haver “uma gestão correta e equitativa” das tripulações pelos voos.

“Poderia melhorar em termos de qualidade e de aproveitamento das tripulações, com uma gestão correta, equidade na distribuição dos tripulantes pelos voos”, afirmou Luciana Passo, presidente do SNPVAC, após uma reunião com o Conselho de Administração da SATA na cidade de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, nos Açores.

Para Luciana Passo, a responsabilidade da gestão das tripulações não é da administração da companhia aérea, mas de algumas chefias intermédias e o intuito da reunião foi dar conhecimento do que se anda a passar à administração.

No encontro com o Conselho de Administração da SATA, além dos fardamentos e ajudas de custo, o sindicato quis, ainda, saber no caso dos novos aviões Airbus A330, “qual a expetativa da SATA quanto ao número de tripulantes que pretende ter a bordo, com mais ou menos chefes de cabina”.

“Ficámos de falar muito brevemente. Em princípio, para a próxima semana terão mais informações para nos dar”, disse Luciana Passo, acrescentando que a administração da SATA limitou-se a ouvir o sindicato e não avançou qualquer dado concreto.

“[Foi uma] reunião profícua, em que aceitaram bem as nossas sugestões e iremos trabalhar em conjunto [na viabilidade da operação da SATA]”, afirmou ainda a presidente do SNPVAC, em declarações aos jornalistas em Ponta Delgada e veiculadas pela agência noticiosa Lusa.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Chefe do Governo de Cabo Verde diz que avião anunciado há 12 dias “vai chegar”

O primeiro-ministro cabo-verdiano disse nesta terça-feira, dia 16 de...