TACV regressa aos voos domésticos em Cabo Verde com ATR72-600 alugado à Air Senegal

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A TACV – Transportes Aéreos de Cabo Verde, companhia que tem operado nos últimos anos com a designação de Cabo Verde Airlines, apenas em voos regulares para o exterior do arquipélago cabo-verdiano, vai regressar brevemente aos voos domésticos, com um avião alugado à Air Senegal, para responder à incapacidade de resposta da atual concessionária Bestfly, disse nesta segunda-feira, dia 26 de fevereiro, o ministro dos Transportes.

“A TACV contratou uma aeronave de modelo ATR junto da Air Senegal que irá reforçar os voos [interilhas] muito brevemente”, disse Carlos Santos, em declarações à agência portuguesa de notícias ‘Lusa’, indicando que o aparelho já está no Aeroporto Internacional da Praia.

O ministro reconheceu os “solavancos” que têm acontecido nos transportes [aéreos] interilhas, motivados pela “crescente” procura turística, mas também pela “fraca capacidade” de resposta da Bestfly, a única operadora que faz as ligações aéreas entre as ilhas, por meio de uma concessão estatal, desde maio de 2021.

“Notamos que há esse desencontro entre a oferta e a procura, por isso, o Governo já deu luz verde a uma proposta de reforço da oferta dos voos interilhas apresentada pela TACV, para permitir uma maior disponibilidade para todas as ilhas e facilitar a conectividade”, sustentou o governante.

O Governo assume a “responsabilidade última” de ligação entre as ilhas e a alternativa é “estruturante e definitiva”, prosseguiu Carlos Santos.

O ministro avançou que “brevemente” a TACV vai anunciar a comercialização dos voos e ajustar conforme a procura no mercado.

 As ligações aéreas domésticas entre sete das ilhas do arquipélago são há vários anos operadas por uma única companhia, atualmente a angolana BestFly, que comprou a maioria do capital da TICV – Transportes Interilhas de Cabo Verde, antes detida pelos espanhóis da Binter.

Carlos Santos esclareceu que não se trata de um “passo atrás” na decisão anterior de retirar a TACV dos voos domésticos, mas sim de “garantir a mobilidade” dos cabo-verdianos, complementando as operações da Bestfly.

Cabo Verde tem aeroportos internacionais em São Vicente, no Sal, na Boa Vista e na Praia (Santiago) e aeródromos em São Nicolau, no Maio e no Fogo.

Avião senegalês já se encontra no Aeroporto Internacional Nelson Mandela

O avião ATR72-600 da Air Senegal, matrícula 6V-ASN, chegou a Cabo Verde na madrugada da passada sexta-feira, dia 23. Proveniente de Dakar, capital do Senegal, aterrou no Aeroporto Internacional Nelson Mandela, na Cidade da Praia, onde ficará baseado até ao próximo mês de maio.

A Agência de Aviação Civil (AAC) de Cabo Verde autorizou a operação da aeronave de registo senegalês nos próximos meses para operar voos ao serviço da TACV nos itinerários interilhas, com escalas nos aeroportos da Praia, Sal, São Vicente e Boa Vista, segundo informação divulgada pela ‘Inforpress – Agência Cabo-Verdiana de Notícias’.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...