TAP celebra 70 anos em cenário de privatização

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A TAP Portugal celebrou os seus 70 anos com uma cerimónia comemorativa e a inauguração de uma exposição sobre a Linha Aérea Imperial, no Museu do Ar, em Sintra. Fernando Pinto, presidente executivo da companhia, afirmou que “70 anos é um marco verdadeiramente histórico para qualquer companhia aérea” e um “sinal de grande experiência e maturidade, de resiliência, modernidade e vitalidade, no quadro de uma indústria cada vez mais exigente e competitiva”.

Inauguração Dakota MUSAR

Inauguração Dakota MUSAR

 

 

 

 

 

 

Fernando Pinto sublinhou tratar-se de “um dia especial, de grande significado para todos nós e uma homenagem aos fundadores, pioneiros e a todos os que a construíram, com muito trabalho, muita dedicação e enorme esforço. São inúmeros os marcos históricos que poderíamos comemorar, desde o primeiro voo comercial para Madrid, à maior rota jamais efectuada por uma companhia aérea (Linha Aérea Imperial) ao primeiro voo transatlântico com o DC4, o Super Constellation, a entrada no jacto com os Super Caravelles, os B747, os Lockheed TriStar e os Airbus, o grande salto tecnológico da Europa”.

Inauguração Dakota MUSAR

Por sua vez, Frederico Delgado Rosa, neto e biógrafo de Humberto Delgado, frisou que “estamos a celebrar, não apenas o nascimento de uma companhia aérea, há 70 anos, estamos a celebrar uma companhia aérea verdadeiramente mítica que reverbera no imaginário e no sentimento dos portugueses esse mito que é a TAP, inscrito na história de Portugal como no seu futuro, e da qual faz parte, o igualmente mítico Humberto Delgado, seu criador, então tenente-coronel. É a única companhia aérea do mundo em que o seu fundador é um herói da liberdade. A TAP orgulha-se do seu fundador. O poeta escreveu sobre o meu avó: ‘do alto da sua morte, ei-lo que vem de cada vez que Portugal o chama’. Humberto Delgado orgulha-se da TAP, daquilo que é hoje, do que alcançou em 70 anos de história e do papel que representa em Portugal e no Mundo”.

Inauguração Dakota MUSAR

“Só quem é muito imprudente, projecta o futuro sem olhar para a história”, lembrou o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, que encerrou a sessão. “Os trabalhadores vêm falar comigo e invariavelmente, pedem: ‘faça o que tiver de fazer, mas cuide de nós e do nosso futuro’. Não se trata de uma relação em que competimos por quem ama mais a TAP”, frisou. Sérgio Monteiro defendeu a privatização da TAP para “garantir que a TAP tem condições para enfrentar três desafios fundamentais: o primeiro é o de responder às necessidades de investimento de todos conhecidas e por todos reconhecidas. Não é possível fazermos a renovação da frota que precisamos se não tivermos condições para capitalizar a companhia. Se não criarmos condições para um investimento que, hoje, é feito exclusivamente de dívida. Porque essa é, infelizmente, a realidade que a TAP tem por conta do accionista que tem. Segundo desafio, complementar ao investimento: nós vivemos uma concorrência crescente no mercado nacional e no mercado europeu. A TAP precisa de ferramentas idênticas às de essas empresas para poder com elas concorrer da mesma forma. O terceiro desafio, para o qual importa dar resposta, para que os próximos 70 anos se possam pintar das mesmas cores, é criar condições para a continuação da valorização profissional dos seus colaboradores. Os cenários que temos pela frente são cenários que, com um acréscimo de concorrência e uma incapacidade de investimento, nos levarão inevitavelmente a uma TAP mais pequena”.

 

  • Fotos: André Garcez/NewsAvia

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...

Instituto Superior de Aeronáutica e Turismo de Cabo Verde instalado na ilha do Sal

A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) apresentou publicamente na...