Bem-vindo, !|Sair

TAP e White com forte contributo no crescimento do tráfego aéreo na Madeira

O Aeroporto Internacional da Madeira, ilha portuguesa situada no Oceano Atlântico, somou nos primeiros sete meses deste ano mais 77,6 mil passageiros (+5,6%) que no período homólogo de 2013, com os maiores contributos a serem o reforço da operação da companhia charter portuguesa White Airways, que há um ano tinha uma presença mínima (240 passageiros) e este ano soma 36,5 mil, e o crescimento da TAP em 32,7 mil, para 498,2 mil, reforçando a liderança em 0,5 pontos, para 33,9% do total de passageiros.

Dados do Aeroporto da Madeira a que o portal de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR’ teve acesso indicam que o reforço da TAP é tanto mais expressivo quanto a companhia supera o crescimento da maior concorrente, que tem um aumento de passageiros em 6,6% ou 12,3 mil, para 199,7 mil (13,6% do total, +0,1 pontos que há um ano).

O maior reforço de quota de mercado destes sete meses depois do da White é da Transavia.com (com voos de Amsterdão, na Holanda; Paris, Nantes e Lyon, em França; e da cidade do Porto, no Norte de Portugal), em 1,3 pontos, para 5,6%, por um aumento do número de passageiros em 37,9% ou 22,5 mil, para 81,8 mil. Esta companhia ultrapassou assim, quer a Air Berlin, que teve uma queda de 7,2% ou 5,7 mil passageiros, para 72,8 mil, quer a Thomson Airways, que estagnou nos 70,3 mil.

Das restantes companhias do Top10 tiveram crescimento a alemã Condor, em 29,8% ou 12,9 mil, para 56,4 mil, a britânica Monarch, em 16,9% ou 6,8 mil, para 47,2 mil, e a Jet2.com, também britânica, em 38,2% ou 8,7 mil, para 31,5 mil.

A excepção foi a TuiFly, com uma queda de 2% ou cerca de 900, para 44,8 mil, a que acresce uma queda em 12,8% ou 48,1 mil passageiros no conjunto de outras companhias que operaram de e para a Madeira e transportaram 329 mil passageiros (22,4% do total).

 

Reforço do tráfego doméstico no principal aeroporto da Madeira

Os dados a que o ‘PressTUR’ teve acesso evidenciam um reforço este ano do peso do movimento de passageiros em voos domésticos, que representaram 44,8% do total (+0,3 pontos), com 658 mil, +6,2% ou mais 38,5 mil que há um ano.

As origens/destinos internacionais com mais passageiros na Madeira foram o Reino Unido, com 274,9 mil passageiros (+7,2% ou mais 18,4 mil), Alemanha, com 171,5 mil (-2,1% ou menos 3,7 mil), França, com 102,8 mil (+11,3% ou mais 10,5 mil), Holanda, com 31,3 mil (-3,8% ou menos 1,2 mil), e Suíça, com 26,7 mil (+14,3% ou mais 3,3 mil).

No mês de Julho, o crescimento do Aeroporto da Madeira abrandou para 1,6% (mais 4,1 mil passageiros, para 263,3 mil), designadamente porque a TAP, sua principal companhia teve um decréscimo em 0,6% ou cerca 560 para 87,6 mil, a que se somaram quedas da SATA Internacional, em 31,4% ou 4,2 mil, para 9,1 mil, e Thomson Airways, em 16,5% ou 2,5 mil, para 12,7 mil.

A Transavia France foi a companhia que teve o maior aumento de passageiros em Julho, com mais 7,2 mil (+49,3%, para 21,9 mil), seguindo-se a Condor, com mais 3,6 mil (+65,3%, para 9,2 mil), a Jet2.com, com mais 3,2 mil (+58,7%, para 8,6 mil), a Travel Service, com mais 3,2 mil (+38%, para 11,6 mil), e EasyJet, com mais 1,5 mil (+5,2%, para 30,9 mil).

Apesar do decréscimo ligeiro da TAP, o movimento de passageiros em voos domésticos aumentou em Julho em 1,5% ou 1,8 mil passageiros, para 119 mil, mas nas ligações com o Reino Unido, segunda origem/destino, houve um decréscimo em 2,1% ou cerca de mil, para 48,7 mil.

Já a Alemanha evidenciou uma recuperação, com um aumento em 12% ou 2,6 mil, para 24,7 mil, e também tiveram crescimento os voos com origem/destino em França, em 6% ou mil, para 18,2 mil. Os voos de e para Espanha, por sua vez, tiveram um decréscimo em 4,8% ou 680, para 13,4 mil. O maior aumento em Julho por origem/destino foi nas ligações com a Polónia, com mais 3,3 mil passageiros (+59,5%, para 8,8 mil).
 

  • Trabalho desenvolvido e publicado pelo nosso parceiro editorial em Portugal PressTUR

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica