TAP faz estreia em Xangai e traz ajuda humanitária do Grupo Fosun

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O grupo chinês Fosun, com vários interesses económicos e empresariais em Portugal, nomeadamente no Banco Millennium/BCP, na companhia de seguros Fidelidade e no Hospital Particular Luz Saúde, fretou um avião de passageiros da TAP Air Portugal, que se deslocou à cidade de Xangai, na China, para carregar equipamentos hospitalares para apoio do Serviço Nacional de Saúde (SNS) no combate à pandemia de covid-19.

O avião, um Airbus A330-900neo, matrícula CS-TUS, aterrou na manhã desta segunda-feira, dia 30 de março, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, num voo que foi também patrocinado pela TAP, que, segundo o seu presidente executivo, Antonoaldo Neves, nada ganhou com esta operação considerada de carácter humanitário.

Este voo da TAP à cidade chinesa foi assinalado como uma estreia da empresa aérea de bandeira portuguesa no Aeroporto de Xangai.

“O grupo Fosun mandou diretamente da China cerca de 138 metros cúbicos de equipamentos, onde se incluem um milhão de máscaras para uso pelos profissionais de saúde, das quais 700 mil serão entregues de forma imediata ao SNS, que os adquiriu, bem como 200 mil testes desenvolvidos pelo departamento médico da Fosun, a Fosun Pharma, que têm certificação CE”, refere o grupo em comunicado.

Segundo adianta, este primeiro avião proveniente de Xangai “transporta também equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde que serão doados ao Estado Português pelo grupo Fosun, bem como testes de despiste da covid-19”.

“Com este donativo a Fosun reafirma, assim, o seu compromisso estratégico com Portugal” e o empenho “em contribuir para prevenir e controlar esta epidemia no contexto internacional”, refere a empresa, salientando que, “perante a enorme escassez de equipamentos médicos, a logística tornou-se no mais complexo dos problemas que os Estados têm de ultrapassar para combater a propagação deste vírus”.

Jorge Magalhães Correia, ‘global partner’ do grupo Fosun, diz que “as participadas do Grupo Fosun em Portugal têm trabalhado de forma muito próxima com as autoridades de saúde portuguesas e estarão sempre disponíveis para aprofundar esta colaboração em proveito de todos os portugueses”.

“Em nome do Grupo Fosun quero agradecer ao Governo a forma eficiente como permitiu agilizar esta operação e agradeço também à Groundforce, à ANA Aeroportos e aos seus colaboradores as facilidades operacionais disponibilizadas”, refere, agradecendo ainda à TAP por “ter acautelado em tempo recorde todos os requisitos legais e regulamentares para a realização, em total segurança, desta operação via Xangai, um destino para o qual nunca voou”.

Na chegada do avião com a ajuda humanitária da China, membros do Governo e da administração da TAP estiveram no Aeroporto de Lisboa para assinalar a recepção dos equipamentos e agradecer a cooperação de todos as entidades e empresas envolvidas nesta iniciativa.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Air Macau transformada em sociedade anónima com maioria da Air China

A Air Macau procedeu à alteração dos seus estatutos...

Nova loja de atendimento corporativo para clientes da TAAG inaugurada no Talatona (Luanda)

No âmbito da sua estratégia de digitalização e no...

 ‘Portugal Stopover’ da TAP distinguido pelos leitores da ‘Global Traveller’ pela sexta vez

O programa Stopover da TAP Air Portugal foi distinguido...