TAP informa sobre primeiras horas da greve dos tripulantes de cabina

A TAP está a operar hoje e amanhã, dias 8 e 9 de dezembro, apenas com serviços mínimos decretados pelo tribunal arbitral e pelos parceiros da companhia aérea de bandeira portuguesa, devido à greve convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

Num comunicado distribuído na manhã desta quinta-feira, a empresa aérea informa que “até às 11h30, dos 148 voos previstos para hoje, a TAP já operou os 78. Dos 64 voos de serviços mínimos previstos para hoje, a TAP já operou os 42 previstos. Apenas um voo de ida-e-volta para a Guiné-Bissau foi cancelado, mas devido a falta de passageiros. Para o dia de amanhã (sexta-feira) foi cancelado mais um, para a Praia, e pelo mesmo motivo”.

“A TAP lamenta profundamente a situação, que prejudica os clientes, a companhia e o País e continua, como sempre, disponível para negociar com o SNPVAC, bom como com todos os sindicatos. A TAP aceitou nove das 14 propostas do Sindicato e pediu que a sua assembleia-geral fosse antecipada para evitar o impacto na operação da companhia.

O aviso de greve dos tripulantes de cabina levou a TAP a cancelar 360 voos, uma decisão tomada tendo como prioridade a proteção dos clientes. A companhia pediu atempadamente aos seus passageiros para que remarcassem os seus voos voluntariamente e todos os passageiros puderam pedir a remarcação ou um reembolso.

A TAP pede desculpas a todos os passageiros por esta situação e assegura que tudo está a fazer para minimizar o seu impacto e agradece o profissionalismo de todos os tripulantes de cabina incluídos nos serviços mínimos, bem como os esforços de todos os trabalhadores da TAP envolvidos nesta operação.

 

1 Comments

  1. Avatar

    Bom dia,

    Apesar de não ter lido o texto, sugiro alteração do titulo de CABINA para CABINE.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica