TAP transportou 15,9 milhões de passageiros no ano passado

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A TAP Air Portugal transportou em 2023 um total de 15,9 milhões de passageiros, mais 2,1 milhões do que no ano anterior, o que equivale a um crescimento de 15,2 por cento, anunciou nesta sexta-feira, dia 12 de janeiro, a principal companhia aérea portuguesa.

A taxa de ocupação (designada em termos internacionais por load factor) dos voos da empresa foi de 80,8 por cento, mais 0,8 pontos percentuais (p.p.) do que em 2022 e evidenciando já uma melhoria de 0,7 p.p. face a 2019, último ano pré-pandemia.

Já o RPK (Revenue Passenger Kilometer, um indicador de produtividade da aviação que significa a receita por passageiro por cada quilómetro voado), foi 16 por cento superior ao de 2022 e com um crescimento de 1,4 por cento face a 2019.

Destaque para o aumento de passageiros transportados nas rotas internacionais para a América do Norte e Brasil e nacionais para os Açores e Madeira

Num comunicado distribuído em Lisboa, a TAP destaca o desempenho da companhia no conjunto das rotas de longo curso com um total de 4,6 milhões de passageiros transportados, mais 15,1 por cento do que em 2022, o que representa um aumento de 9,8 por cento face a 2019.

Nas rotas dos Estados Unidos e Canadá, a TAP transportou 1,46 milhões de passageiros, mais 18,4 por cento que em 2022 e mais 39,5 por cento do que em 2019.

Nas rotas do Brasil, o total de passageiros transportados ascendeu a mais de 1,9 milhões, um crescimento de 20,3 por cento face a 2022 e de 8,4 por cento relativamente a 2019.

Já nas rotas das regiões autónomas dos Açores e da Madeira, a TAP transportou 1,5 milhões de passageiros no ano passado, mais 13,2 por cento que em 2022 e mais 5,7 por cento face a 2019.

Todos os segmentos de rede da TAP registaram crescimentos face a 2022. No entanto, em comparação com 2019, o último ano completo antes da pandemia, a TAP ainda não recuperou totalmente o mesmo nível de tráfego nas rotas de Portugal continental, Europa e África, o que implica que a companhia, em números totais, ainda tenha ficado em 2023 sete por cento abaixo do número total de passageiros transportados em 2019, antes da pandemia.

A TAP recorda que a empresa opera presentemente com menos aviões e dispõe de menos slots no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa face a 2019, devido às imposições do Plano de Reestruturação definido pela Comissão Europeia, a que a companhia está ainda sujeita até 2025.

Foto de abertura © Valdemar Madeira

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Ryanair anuncia rota sazonal entre Cracóvia (Polónia) e o Algarve, a partir do dia 1 de abril

A Ryanair anunciou o reforço das suas operações nos...

TAP apresenta novo stand na BTL, reforça rede de longo curso e renova parcerias

 A TAP Air Portugal estreou este ano um novo...

TAP reforça operação para Brasil e América do Norte – Total de 193 voos semanais

A TAP Air Portugal anunciou nesta quinta-feira, dia 29...

Lucro líquido do grupo Air France-KLM atinge 934 milhões de euros em 2023

O grupo Air France-KLM anunciou nesta quinta-feira, dia 29...