Bem-vindo, !|Sair

TAP vai abrir novas rotas de Lisboa para o continente africano

A TAP Portugal vai anunciar no início do próximo ano a abertura de novas rotas para países africanos, anunciou nesta sexta-feira, dia 9 de dezembro, Luiz Mór, aos agentes de viagens portugueses que participam no 42º Congresso Nacional da APAVT.

Luiz Mor que representa a Comissão Executiva da TAP no evento que decorre na cidade de Aveiro neste fim-de-semana, agradeceu a colaboração que a companhia aérea portuguesa tem recebido, sempre, das agências de viagens nacionais, tendo focado a sua intervenção no crescimento da rede da TAP e na qualificação e diversificação do produto que a empresa tem apresentado nas últimas semanas.

A juntar aos novos destinos anunciados por Fernando Pinto, presidente da Comissão Executiva da empresa, na terça-feira passada, Luiz Mór adiantou que a TAP deverá anunciar no princípio do próximo ano novos destinos no continente africano, para onde a companhia já voa para 14 aeroportos.

No passado dia 1 de dezembro, a TAP retomou os voos para a República da Guiné-Bissau, interrompidos desde há três anos, por questões de segurança e as perspectivas, em todo o continente africano, são animadoras, anunciou a companhia. De acordo com os indicadores de tráfego recentes, são evidentes os sinais positivos resultantes da aposta contínua da TAP na África.

Na corrente época de Inverno IATA 2016-17, houve um acentuado reforço de voos para Marrocos, com a duplicação de Lisboa para Casablanca que passou a operação bi-diária, assim como com o aumento para as dez frequências por semana para Marraquexe. Para Dakar, no Senegal, a operação cresceu de sete para dez frequências por semana. Quanto a Cabo Verde, as linhas do Sal, Praia e São Vicente beneficiaram de incrementos da oferta, crescendo de seis para oito frequências semanais para o Sal, subindo de seis para 11 voos semanais para a cidade da Paria e passando de três para quatro voos por semana no caso de São Vicente.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica