Bem-vindo, !|Sair

Transaero volta à Madeira no Verão com dois voos semanais de Moscovo

A Transaero, segunda maior companhia aérea comercial da Rússia, volta no Verão ao Aeroporto Internacional da Madeira, com uma operação charter, consolidada por operadores turísticos russos, como aconteceu no ano passado.

A companhia terá dois voos directos de Moscovo, em aviões Boeing 737-800, que por serem ponto a ponto, sem escala, operarão com algumas limitações de peso.

Serão duas frequências semanais. A da sexta-feira decorrerá de 6 de Junho a 26 de Setembro e a da terça-feira está para começar no dia 1 de Julho estando o último voo marcado para o dia 23 de Setembro.

A Transaero é a segunda companhia da Rússia, depois da estatal Aeroflot. Fundada alguns anos depois da liberalização da economia, só teve um crescimento mais notável após a liberalização dos serviços aéreos ocorrida há três anos. Hoje voa para 200 aeroportos e transportou no ano passado 12,5 milhões de passageiros, mais 21% do que em 2012, mas ainda uma pequena parcela dos 82 milhões de passageiros que embarcaram e desembarcaram em 2013 nos aeroportos da Rússia.

Esta semana a presidente executiva da Transaero, Olga Pleshakova, anunciou os resultados do exercício com lucros significativos e assegurou que a companhia está num ritmo de crescimento muito interessante. Actualmente com 98 aviões, a maioria de fabrico ocidental, a Transaero espera estar a voar com 150 aeronaves em 2020.

Focado no mercado de longo curso, a empresa foi a primeira companhia russa a operar com o gigante ‘Jumbo’ (Boeing 747), após a queda do regime soviético. Tem uma encomenda de quatro Airbus A380, aparelhos que receberá em 2015 e de quatro Boeing 747-800, o primeiro dos quais receberá já no próximo ano. Actualmente está a substituir os aviões de médio curso pela Nova Geração do Boeing 737 (versão 800).

 

(Na imagem vê-se um Boeing 737 da Transaero a aterrar no Aeroporto Internacional da Madeira – Foto: Miguel Nóbrega)

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica