Bem-vindo, !|Sair

Transporte aéreo doméstico cresceu 6,7% em Novembro no Brasil

A demanda por transporte aéreo doméstico (medida em RPK1) no Brasil, durante o mês de Novembro, consolidada a partir dos resultados das companhias integrantes da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) – AVIANCA, AZUL, TAM e GOL – registou uma subida de 6,7% sobre o mesmo mês do ano passado. O índice é um pouco melhor do que aquele que havia sido apurado em Outubro, de 6,4%. As demais estatísticas igualmente mostraram avanços.

A oferta chegou ao terceiro mês de expansão por parte das companhias aéreas, já vislumbrando o momento de aquecimento do setor com os embarques de final de ano e início da temporada de férias de verão. O número, medido em ASK2, foi 4,2% superior ao de Novembro de 2013.

Mais uma vez, com a demanda crescendo a uma velocidade superior à da oferta, houve benefício ao aumento da eficiência operacional, resultado desejado pelo setor em cenário adverso que perdura desde o final de 2011, agora agravado por nova alta do dólar. O fator de aproveitamento3 ficou em 81,31%, com aprimoramento de 1,9 ponto percentual sobre o mesmo mês do ano passado. A melhora do indicador foi registrada em todos os meses desse ano até agora.

Foram 6,9 milhões de passageiros transportados pelas associadas ABEAR em voos domésticos em Novembro, 4,2% acima do desempenho de 2013.

No segmento doméstico, o mercado ficou dividido da seguinte forma: TAM – 38,78% da quota de mercado; GOL – 36,38%; AZUL – 16,50%; AVIANCA – 8,33%.

 

TAM também lidera nas operações internacionais a partir do Brasil

No segmento internacional a demanda também apresentou pequena aceleração em relação ao último mês, crescendo 4,6% sobre Novembro de 2013. A oferta foi igualmente ampliada para atender à sazonalidade do setor, avançando 3,4%. O fator de aproveitamento nos voos internacionais foi de 80,63%, 0,9 ponto percentual sobre o ano anterior.

A TAM obteve a maior parcela de mercado nas operações internacionais, com 84,02% de participação. Foi seguida pela GOL, com 15,89%. A AVIANCA respondeu por 0,09% do mercado. As associadas ABEAR embarcaram 406 mil passageiros em voos internacionais no mês, alta de 7,7% sobre 2013.

 

1 Comments

  1. Se tivesse versões do Boeing 747 própria para ciclos curtos & frequentes & se no Brasil tivesse infra-estrutura, seria um sucesso se as 10 rotas mais movimentadas do Brasil fossem operadas com ele, já que o Brasil tem uma demanda altíssima & crescente & um perfil consumidor que prefere economizar

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica