Tribunal de Nova Iorque aprova reestruturação da LATAM Airlines

A LATAM Airlines obteve a aprovação, por parte de um Tribunal de Falências dos Estados Unidos da América, do seu plano de reestruturação financeira para sair do Capítulo 11 do Código de Falências dos EUA.

A decisão do tribunal de Nova Iorque ocorre pouco mais de um mês depois da maior companhia aérea latina-americana ter anunciado que quase todos os seus credores apoiaram o plano.

“Estamos muito satisfeitos com a confirmação do nosso plano de reestruturação pelo juiz. Este é um passo muito importante no processo para sair do Capítulo 11 e continuaremos a trabalhar duro para concluir as etapas restantes nos próximos meses”, disse Roberto Alvo, presidente executivo do Grupo LATAM.

O plano contempla recursos no valor total de 8,19 mil milhões [bilhões no Brasil] de dólares norte-americanos, por meio de aumento de capital, emissão de três séries de títulos conversíveis e novas dívidas.

A companhia aérea, que solicitou o Capítulo 11 da referida lei em maio de 2020, informou que agora se concentrará na conclusão das etapas pendentes no Chile, que incluem uma assembleia extraordinária de acionistas para aprovar a nova estrutura de capital e o registo de ações e títulos conversíveis com o regulador local, entre outros.

A saída definitiva da empresa do processo do Capítulo 11 está prevista para o segundo semestre deste ano, acrescentou a LATAM, com sede em Santiago, Chile, e que tem companhias subsidiárias no Brasil, Colômbia, Equador, Peru e EUA.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica