Bem-vindo, !|Sair

VIM Airlines abre falência e deixa 200 mil passageiros em terra

As autoridades judiciais da Rússia prenderam o presidente executivo e a diretora de contabilidade da companhia aérea privada VIM Airlines (também denominada AVIA-AVIA) que abriu falência recentemente, por suspeita de fraude económica-financeira no processo que levou ao encerramento da empresa deixando milhares de passageiros sem transporte.

A Comissão de Investigação da Rússia que investiga grandes crimes económicos, está convencida da culpa de Alexander Kochnev e Yekaterina Panteleyeva, que a ser provada em tribunal poderá acarretar a qualquer um dos dois responsáveis uma pena de 10 anos de prisão. Os investigadores também estão a procurar um dos sócios da empresa aérea, Rashid Mursekayev e a sua mulher Svetlana Mursekayeva, que abandonaram o país.

A VIM Airlines era a 10ª maior companhia aérea da Rússia em termos de transporte de passageiros. Deixou de voar esta semana deixando cerca de 200.000 passageiros sem transporte e contas para pagar no valor de 120 milhões de dólares norte-americanos.

O último voo da empresa aérea foi realizado entre os aeroportos de Moscovo/Domodedovo e de Tenerife Sul, nas ilhas Canárias (ida e volta) na sexta-feira, dia 29 de setembro.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica