Voo especial da SAS trouxe para Portugal 273 refugiados afegãos

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um voo especial da SAS – Scandinavian Airlines desembarcou nesta segunda-feira, dia 13 de dezembro, 273 refugiados afegãos no Aeroporto de Lisboa, que serão acolhidos em Portugal, no âmbito da emergência humanitária no Afeganistão, que se verifica no país desde a tomada do poder pelos regime dos Talibãs.

O Airbus A350-900, matrícula SE-RSD, aterrou na capital portuguesa, pelas 14h50, depois de um voo proveniente de Doha, capital do Qatar, de cerca de 07h45.

Um comunicado do Governo Português, distribuído durante a tarde em Lisboa, indica que entre os refugiados contam-se diversos membros do Instituto Nacional de Música do Afeganistão (Afghanistan National Institute of Music – ANIM), elevando para 764 o total de cidadãos afegãos acolhidos por Portugal nas últimas semanas.  Os membros (professores, alunos e músicos da orquestra) do ANIM encontravam-se no Qatar desde o passado dia 4 de outubro, para onde foram conduzidos num voo da Qatar Airways, e onde nos últimos meses conseguiram recuperar os seus instrumentos e reiniciar as aulas e as sessões de ensaio de preparação para algumas digressões internacionais que já têm agendadas após o seu estabelecimento em Portugal.

Desde o início desta crise humanitária, o Governo português tem-se demonstrado fortemente empenhado em acolher cidadãos afegãos em situações de particular fragilidade e risco, dentro dos limites da capacidade nacional. Os cidadãos acolhidos correspondem às prioridades definidas: cidadãos portugueses; afegãos que colaboraram com as nossas Forças Nacionais Destacadas, afegãos que colaboraram com a União Europeia, com a NATO e com as Nações Unidas; e pessoas em situação particularmente vulnerável como, por exemplo, ativistas de direitos humanos, funcionários da administração afegã, jornalistas, músicos, mulheres desportistas, mulheres juristas e mulheres engenheiras.

A chegada deste grupo resulta de uma operação conjunta que envolveu as autoridades nacionais e do Qatar, assim como organizações norte-americanas, tendo os 273 cidadãos sido acolhidos provisoriamente em unidades de acolhimento da Grande Lisboa, devendo ser transferidos, posteriormente, para habitações autónomas.

Segundo a imprensa norte-americana, o Instituto Nacional de Música do Afeganistão implantará a sua sede em Portugal, que funcionará como escola de música, na qual será dada continuidade ao trabalho que estava a ser desenvolvido por professores e jovens músicos naquele país, nomeadamente do sexo feminino. As futuras instalações do ANIM, cuja localização não foi ainda definida, servirão também como centro de atração e de atividades para os afegãos que escolham Portugal para viver nos próximos anos e todos aqueles a quem seja facultada residência neste país europeu.

O avião da SAS saiu de Lisboa durante a tarde, com destino à cidade de Copenhaga, na Dinamarca, levando apenas a tripulação.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...