Vueling diz que tem situação controlada e prejuízo absorvido

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

 width=“750” height=

A companhia espanhola de baixo custo Vueling, integrada no universo do Grupo IAG (British Airways, Iberia, Iberia Express e Aer Lingus) fechou o primeiro semestre deste ano com um prejuízo de 54 milhões de euros, revelou esta semana o site informativo para profissionais de turismo ‘Preferente.com’.

Os números foram divulgados pela própria companhia que, de certo modo, pretendeu exercer o contraditório sobre uma notícia publicada pelo site de que a Vueling vive a sua maior crise de imagem e reputação dos seus 11 anos de vida.

A companhia esclarece que a fase menos boa verificada nos primeiros meses de 2016 está ultrapassada e neste momento dispensou os 12 aviões que tinha alugado a diversas outras companhias para poder corresponder aos seus compromissos com os passageiros. Rotas e frequências estão agora ajustadas à dimensão da empresa, justifica a Vueling.

Além do mais, observa a companhia espanhola de baixo custo, não obstante o resultado negativo do primeiro semestre, a quantia representam apenas cerca de 11% dos lucros líquidos do Grupo IAG, que foram da ordem dos 554 milhões de euros, no primeiro semestre deste ano, mais 67% do que em igual período anterior.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Azores Airlines inicia novas rotas nacionais e internacionais no próximo mês de junho

A companhia aérea portuguesa Azores Airlines estreia, a partir...

Aumento para 45 movimentos/hora no atual Aeroporto de Lisboa requer estudo, esclarece o Governo

O aumento de capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, em...