Acordo da Air France com tripulantes permite lançamento da Boost no Inverno

A Air France alcançou um acordo com os sindicatos que representam os pilotos e os comissários de bordo da companhia, que lhe permite lançar, em breve, uma nova companhia de baixo custo para voos na Europa e Norte de África com menos rentabilidade e para destinos intercontinentais, um projeto apresentado já há algum tempo e foi denominado ‘Boost’.

O novo Acordo Coletivo do Pessoal de Cabina foi assinado pelos representantes dos dois maiores sindicatos de pessoal de bordo – UNAC e UNSA – e será válido a partir do próximo dia 1 de setembro deste ano por um período de cinco anos.

Segundo foi negociado, e aceite por ambas as partes, durante esse período a Air France irá deslocar para a nova companhia cerca de 500 tripulantes de bordo, que viajarão em todas as rotas que forem lançadas pelo grupo Air France-KLM para esse nicho de mercado.

No lado dos pilotos, por enquanto, apenas há acordo com o sindicato SNPL, já negociado em março passado. Falta saber a posição do SNPNC-FO, que ficou de dar resposta até ao próximo dia 24 de julho.

A Air France planeia lançar a Boost no Inverno IATA 2017-18 com seis aviões A320-200. No Verão de 2018 terá mais cinco aparelhos da família A320 e um número indeterminado de Airbus A340-300 e A350, que entrarão ao serviço até 2019.

A previsão de frota da nova low cost europeia é que tenha no Verão de 2021 seis A320, 12 A321 e 10 A350.
Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica