Aeromodelismo põe licenças de pilotos em risco

Pilotar um modelo de aeromodelismo ou um UAS (sistema de aeronave não tripulado) de uma forma negligente pode incorrer no risco de perda de licença aeronáutica nos Estados Unidos, de acordo com um boletim da FAA (Federal Aviation Administration) publicado em Outubro de 2014. Segundo o referido documento, o estatuto de operador de UAS, para um piloto certificado, constitui “um factor de agravamento que pode resultar numa penalização acima da média em caso de uma violação inadvertida”.

O piloto em causa, não só estará sujeito a multa como poderá ver a sua licença temporariamente suspensa ou cancelada pela FAA. O factor determinante para uma “violação” é da competência do inspector de segurança encarregue da investigação da potencial infracção.

Enquanto estas regras ainda estão em fase de implementação, nos Estados Unidos da América,  o melhor é respeitar as regras o melhor possível, mantendo sempre o contacto visual com o UAS e estando atento a qualquer outra aeronave, pessoas ou bens que se encontrem na linha de voo, recomenda a FAA.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica